Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Paulão relembra rebaixamento com o Inter e admite tristeza: “Doeu muito em mim”

No último domingo, Paulão oficialmente iniciou um novo ciclo em sua carreira. Foi titular do Vasco na vitória por 2×1 sobre o Bahia – e deve ser mantido entre os 11 para o clássico contra o Fluminense, no sábado. O defensor participou do programa Tá na Área, do SporTV, nesta terça-feira, e projetou o novo momento que vive no Rio de Janeiro, mas relembrou o “sofrimento” do ano passado.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Ricardo Duarte/Inter

Antes de acertar com o Vasco, Paulão defendeu o Inter por mais de temporadas. Participou de momentos importantes como o tricampeonato gaúcho entre 2014, 2015 e 2016 e chegou a um patamar de liderança na equipe, tornando-se capitão sob comando de Argel Fucks com a saída de Alisson, ainda no início do ano passado. Contudo, o zagueiro acabou ficando marcado pelo inédito rebaixamento colorado e admitiu ter sentido muito a queda.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

LEIA MAIS:

Será? Atacante estrangeiro especulado no Grêmio “se entrega” em rede social

Geninho crava: “A Série B só tem três vagas de acesso, porque uma já é do Inter”

Empate com o ABC em casa faz Inter virar piada nas redes sociais

“Essa nova trajetória no Vasco para mim é muito importante para eu criar forças depois de um momento ruim. Eu estava em um grande clube, que é o Internacional, e infelizmente passamos pelo rebaixamento no ano passado, o que doeu muito em mim e com certeza frustrou a todos. Mas agora no Vasco é mostrar o meu potencial e tentar ajudar a equipe nas competições que temos”, destacou.

Constantemente vaiado pela torcida do Inter, Paulão seguiu no clube mesmo após o rebaixamento e chegou a ser titular com o técnico Antônio Carlos Zago, que chegou em janeiro. O defensor, no entanto, teve uma lesão muscular na metade do Gauchão e não voltou mais para a equipe. No início do Brasileirão, aceitou a proposta do Vasco da Gama. Sobre sua estreia contra o Bahia, o zagueiro revelou detalhes da “bronca” que deu no lateral Gilberto, que perdeu a bola ao tentar um drible.

“Então, eu sei da qualidade do Gilberto, nós jogamos juntos no Internacional em 2014, então eu já conheço o potencial dele e os pontos positivos, que são muitos. Ali naquela jogada ele achou que a defesa atrás está bem postada, mas acabou perdendo a bola. Foi uma conversa normal de jogo, que acontece no futebol”, explicou.

Paulão não foi o único dos jogadores que foram rebaixados com o Inter a deixar o clube. Pelo contrário: do habitual time-base no Brasileirão do ano passado, apenas Danilo Fernandes, William, Rodrigo Dourado e Nico López seguem sendo escalados com frequência por Zago.

As melhores notícias de esportes, direto para você