DESTAQUE

Renato Gaúcho diz que Grêmio “jogou muito” e reclama de maratona

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Renato Gaúcho

Foto: Grêmio

Crédito: Crédito da imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato Gaúcho elogiou a partida do Grêmio diante do Fluminense na noite desta quarta-feira (17) pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Para o treinador, os gaúchos jogaram “muita bola” no segundo tempo e poderiam até aumentar a vantagem que o time leva para o Rio de Janeiro.

Apesar de vacilar no começo da partida, quando levou um gol do Fluminense, o Grêmio controlou bem as emoções e virou com dois gols de Barrios, além de um do garoto Arthur.

LEIA MAIS: Mercado da bola: Presidente do Grêmio afirma interesse em Lucas Leiva

“Acho que nos primeiros minutos, o Grêmio deu bastante espaço para o Fluminense. O segundo tempo foi bem melhor. Poderíamos ter vencido por mais gols. Mas é sempre difícil sair perdendo na Copa do Brasil, contra o Fluminense, e virar o jogo. O Grêmio se encontrou principalmente no segundo tempo. No balanço, eu dei os parabéns. Jogaram muita bola a partir dos 20 minutos. Não é nada fácil virar para 3 a 1 sobre um time como o Fluminense, muito bem treinado”, explicou Renato.

O técnico que defende o título da Copa do Brasil aproveitou para reclamar do calendário apertado no Brasil e mencionou os diversos problemas de lesão que o clube vem tendo.

“É muito difícil você disputar outras competições. Toda hora enfrentando equipes fortíssimas, Brasileiro, Libertadores. Todo jogo a gente está tendo problemas, Se você for ver, o Grêmio estreou na Copa do Brasil, e cinco meses atrás, foi campeão. Se for ver, temos 50%, 60% do time fora. Não é fácil. É o cansaço, o estresse, o adversário. Taticamente meu time vem muito bem. Não tem dado chance aos adversários. Eles não têm dado espaço”, concluiu.