DESTAQUE

Rei? Técnico que subiu o São Caetano à elite do Paulistão conquista 17º acesso da carreira; conheça

Publicado às

Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.

Crédito: Márcio Donizete/Torcedores.com

Quando o assunto é acesso às divisões superiores de campeonatos estaduais e nacionais, ninguém entende melhor disso que Luis Carlos Martins. Ao devolver o São Caetano nesta terça-feira (2) à Série A-1 do Paulistão, após vitória sobre o Rio Claro por 3 a 0, na partida de volta da semifinal da A-2 (5 a 2 no agregado), o experiente técnico subiu o 17º time da carreira, segundo o próprio define. Não à toa é conhecido como “Rei do Acesso”.

Ele acumula sucessos com Matonense, Santo André, Oeste, Comercial, Noroeste, Ituano, União Barbarense, entre outros clubes importantes do Estado de São Paulo e do país, como o América-RN, por exemplo. No Azulão precisou de três temporadas para enfim conseguir o triunfo. Nas duas anteriores, na Série A-2, “bateu na trave” e ficou no quase, assim como ocorreu também em outras competições, como a Série D do Brasileiro de 2015 e a Copa Paulista de 2016.

VEJA MAIS
SÃO CAETANO VENCE O RIO CLARO E ESTÁ DE VOLTA À ELITE DO CAMPEONATO PAULISTA

Nunca desanimou e manteve seu trabalho prestigiado pela diretoria, que jamais o pressionou no cargo pelos resultados anteriores, assim como o elenco. “Nunca tivemos problema com jogador que faltou (aos treinos) e nunca tive jogador na noitada. Concentração deles, a união e a confiança no trabalho foram fundamentais”, disse ele ao Torcedores.com ainda no gramado do Anacleto Campanella, palco da vitória azulina sobre o Galo Azul rio-clarense.

“O trabalho foi o mesmo, não mudou nada. A diretoria sempre cumpriu à isca, a comissão técnica da mesma forma, são pessoas capacitadas. A lavadeira, a cozinheira… Todas são pessoas capacitadas que estavam de boa vontade para que o time subisse”, emendou. “Tudo o que o São Caetano queria nós conseguimos. Fomos o time que mais venceu na competição, mas às vezes há altos e baixos com jogadores que machucam, problema de cartão, ritmo de jogo”, justificou os resultados anteriores.

Assista abaixo à entrevista de Luis Carlos Martins à TV Torcedores:

Concentração total e até celular desligado para atingir objetivo com o São Caetano

Martins também revelou que ficou incomunicável nos últimos dias para não falhar na missão de devolver o clube do ABC paulista à Série A-1. “Para se ter uma noção, até minha mulher não ligava muito para mim, queria ficar concentrado. Faz dois dias que desliguei meu celular, queria ficar concentrado, no detalhe observando o adversário. Trabalhamos de três formas de posicionamento diferente hoje”, contou o comandante.

Luis Carlos Martins também destacou a história e tradição do São Caetano no futebol. “Deus me abençoou mais uma vez. Deus tem me ajudado tanto que só tenho a agradecer. Mais um acesso. O São Caetano voltou para a Primeira Divisão, onde merece estar. É um time forte de camisa”, disse o técnico, que certamente receberá propostas para deixar a equipe depois de mais um êxito na carreira.

Assista à festa dos jogadores e da torcida após o jogo:

* Direto do Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul-SP