MMA

Woodley dispara contra rivais: ‘Eles tem a chance de lutar e não lutam’

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial do UFC

Tyron Woodley afirmou ter iniciado recentemente seu treinamento para sua próxima luta, mas ainda não tem adversário ou data definida para sua próxima defesa de cinturão dos meio-médios. E a espera por um rival começa a incomodar ‘The Chosen One’.

Em participação no podcast UFC Unfiltered, o lutador se mostrou desapontado com a falta de um adversário e criticou a postura de rivais de não querer lutas mesmo com discursos de que sempre estão ‘prontos para lutar’.

LEIA MAIS

JORNAL FRANCÊS COLOCA TITE ENTRE OS 50 MELHORES TÉCNICOS DO MUNDO; VEJA LISTA

EX-TUF BRASIL, ALEXANDRE SANGUE É PRESO POR TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS

“Tem muitos lutadores que dizem ‘luto conta qualquer um a qualquer hora’, mas isso não quer dizer que eles o façam. Se o Conor McGregor quer lutar comigo, ele tem um oportunidade para pedir a luta. Assim como o (Michael) bisping, (Georges) St-Pierre, o Nick e o Nate Diaz. Todos eles tem a chance de lutar, mas eles não lutam”, declarou Woodley.

Vindo de vitória em cima de Stephen Thompson, o americano sinalizou que estaria pronto para lutar em julho. Mas não quis revelar contra quem seria tal combate e que evento receberia o duelo. Se tal luta for marcada, será sua terceira defesa de cinturão.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial do UFC)