Mídia Esportiva

Audiência via Facebook de Brasil x Austrália tem queda em relação ao Superclássico

Publicado às

Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.

Brasil x Austrália

Crédito: Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

O amistoso internacional Brasil x Austrália, disputado nesta terça-feira (13), em Melbourne (AUS), não registrou a mesma audiência no Facebook em relação ao Superclássico das Américas.

Em números que podem ser vistos na página oficial da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), é possível ver uma forte queda nos índices da transmissão, que contou com a narração de Nivaldo Prieto e comentários do ‘Rei’ Pelé, Denilson e Rodrigo Cintra.

VEJA MAIS
BRASIL x AUSTRÁLIA: GOL RELÂMPAGO DE DIEGO SOUZA MOVIMENTA AS REDES SOCIAIS; VEJA REPERCUSSÃO

Em três horas de transmissão na CBF TV, o jogo teve 1,2 milhão de visualizações ao todo, com cerca de 60 mil acessos simultâneos, contra 2,3 milhões de views e aproximadamente 200 mil pessoas ao mesmo tempo na derrota brasileira para a Argentina.

Na interação, houve 320 mil “reações”, ante 194 mil na partida passada. Porém, dessas 320 mil, 180 mil “reações” já tinham sido computadas antes mesmo da transmissão ser aberta. Na hora do duelo, foram 140 mil “reações”, ou seja, 54 mil a menos que sexta-feira (9).

Além disso, Brasil x Austrália teve 20 mil compartilhamentos e 44 mil comentários, contra 35 mil compartilhamentos e 80 mil mensagens em Brasil x Argentina.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook

A equipe verde amarela goleou a Austrália por 4 a 0, gols de Diego Souza (2), Thiago Silva e Taison.

Amistosos não tiveram exibição da TV Globo

Sem a exibição exclusiva da TV Globo na televisão, que há décadas é parceira da entidade máxima do futebol nacional, a confederação negociou a transmissão de Brasil x Argentina e Brasil x Austrália com a TV Brasil e TV Cultura.

Elas mostraram os amistosos com o sinal fornecido pela CBF TV e, consequentemente, com a mesma equipe de narrador e comentaristas. Na web, o portal UOL também pôde transmitir o Superclássico e o confronto contra os australianos.