Em duelo de alvinegros na Copa do Brasil, Atlético-MG tenta acabar com a freguesia diante do Botafogo

O duelo entre Atlético-MG e Botafogo fecha a rodada de ida das quartas de finais nesta quinta-feira e a partida promete bastante emoção. Isso porque apesar de se tratar de dois gigantes, os mineiros jamais eliminaram os cariocas da Copa do Brasil. Nos três encontros, em 2007, 2008 e 2013, todos a equipe da estrela solitária avançou. Neste período ainda ocorreram dois confrontos na Sul-americana, em 2008 e 2011 e novamente o Botafogo passou. Tamanha freguesia faz com que as cifras nas casas de apostas esportivas fiquem ainda mais interessantes.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Bruno Cantini / Atlético

Atlético-MG com foco total

Mesmo com a péssima campanha no Brasileirão, o técnico Roger Machado decidiu usar um time misto no campeonato para poupar seus jogadores para a Copa do Brasil. A estratégia acabou dando certo na 1ª etapa, com os reservas batendo a Chapecoense, por 1 a 0.

Resta agora saber qual o efeito diante do Botafogo, mas certamente o Atlético-MG ganha força tendo Cazares, Robinho e Fred com boas condições físicas. O problema é que ainda assim a equipe conta com desfalques importantes, como Adilson, Felipe Santana, Marcos Rocha e Alex Silva. Outro possível problema é Gabriel, que ainda não tem condições de jogo.

Este constante problema de lesões é o que tem dificultado o trabalho de Roger neste primeiro semestre. De positivo é que apesar disso, o clube teve uma pequena melhora e não perde há três partidas, tendo vencido São Paulo e Chapecoense e empatado com o Sport.

Caso mantenha a boa fase e largue na frente no confronto garante R$ 1,62 por cada real, de acordo com estatísticas do Oddsshark.com/br. O triunfo por dois gols de diferença, aumenta o lucro em mais R$ 1,13, mas seria uma surpresa.

Tropeço na segunda

Em situação bem diferente aparece o Botafogo. O técnico Jair Ventura faz um trabalho espetacular no comando do clube e segue vivo não só na Copa do Brasil, mas na Libertadores e no Brasileiro. Neste último, teve chance de aparecer na 3ª posição, porém acabou sendo surpreendido pelo Avaí em casa e ficou na 7ª colocação.

Ainda assim, o desempenho é excelente, principalmente porque o time vinha de quatro jogos sem perder. O ataque, inclusive é um dos motivos para esta boa campanha. Apesar de ter ficado em branco diante dos catarinenses, haviam marcado nove gols nas quatro apresentações anteriores.

Uma baixa certa para este compromisso é do meia argentino Montillo, que chegou como principal contratação, mas anunciou a rescisão com o clube nesta quarta-feira. Convivendo com uma série de lesões desde que assinou, o jogador sofreu mais uma nesta segunda-feira e decidiu interromper seu vínculo com a equipe. Porém, como foi desfalque em boa parte da temporada, não chega a ser um complicador. Sendo assim, vale confiar que os cariocas arrancam um empate fora de casa, o que paga R$ 3,60 em cada real. No entanto, um triunfo, que garante inacreditáveis R$ 6,00, parece pouco provável.

Caiu no horto, está vivo

A famosa expressão de “caiu no horto, está morto” perdeu muito o sentido nas últimas semanas. Depois de um começo de temporada empolgante, com 12 vitórias seguidas em casa, o Atlético-MG teve uma queda de rendimento e perdeu duas e empatou outras duas das últimas seis apresentações no Independência. Números terríveis, principalmente se levar em consideração que os triunfos foram contra equipes modestas, como Avaí e Paraná.

Do outro lado, o Botafogo tem um desempenho mediano como visitante. Jogando fora do Rio de Janeiro, venceu o Atlético Nacional-COL e a Chapecoense e arrancou empates com Colo Colo, Barcelona-ECU, Sport e Vitória. Além destes, entrou em campo também contra Olimpia-PAR, Grêmio, Estudiantes e Santos, mas saiu derrotado.

O que esperar do jogo

O momento das duas equipes não é dos melhores e a fase das defesas é preocupante. Sendo assim, pode contar com bola na rede. Caso ocorram no mínimo duas, o retorno é de R$ 1,25 em cada real, segundo dados do Oddsshark.com/br. Já o palpite exato é um empate em 1 a 1, que garante R$ 7,00 para R$ 1,00.

Botafogo com vantagem no histórico

Ao todo, Atlético-MG e Botafogo se encontraram 98 vezes na história e a vantagem é dos cariocas, que ganharam 46 vezes, contra 28 dos mineiros e outros 24 empates. O histórico só inverte quando considerado apenas os duelos em Belo Horizonte, que aí o time da casa toma a dianteira, com 19 triunfos, 15 empates e 18 reveses.

Odds e palpites de outros jogos no Torcedores.