Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-goleiro da seleção exalta jeito de bater pênaltis de Henrique Ceifador

Anos atrás apontado como um dos melhores goleiros do planeta, o brasileiro Júlio César, titular da seleção nas duas últimas Copas do Mundo, exaltou o estilo de cobrança de pênalti do atacante Henrique Dourado, o Ceifador, do Fluminense.

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Nelson Perez / Fluminense FC

“É o tipo de cobrador mais difícil complicado que um goleiro pode enfrentar em um lance de pênalti. É o jogador que vem devagar para a bola, olhando para o goleiro até o final. Muitos goleiros acabam saindo antes e outros esperam”, afirmou em entrevista ao programa “Troca de Passes”, do canal SporTV.

LEIA MAIS:
CATADOR DE LATINHAS GANHA CAMISA DE JOGADOR DO FLUMINENSE: “NÃO TEM PREÇO”
ENQUETE: QUAIS SERÃO OS RESULTADOS DA 11ª RODADA DO BRASILEIRÃO?

“Quem espera tem muito mais chance de defender, mas mesmo assim é muito complicado. A gente prefere o jogador que vem com a convicção que vai bater naquele canto. Isso facilita o trabalho”, completou.

Júlio César ainda comparou o estilo de bater de Henrique com o mexicano Raúl Jiménez, companheiro do goleiro no Benfica, e também com o ex-atacante Evair. “Ele (Jiménez) cobra basicamente assim. É muito difícil. Nos treinos, ele fica olhando para o goleiro. Eu acho que o Evair também batia assim”, disse.

Artilheiro do Fluminense na atual temporada com 22 gols marcados, sendo nove deles no Campeonato Brasileiro, Henrique Ceifador deixou o campo lesionado na partida dos cariocas diante do Universidade Católica, do Equador, na última quinta-feira (29) e é dúvida para o duelo contra a Chapecoense, na segunda (03).