RESUMÃO DO CAMPEONATO ESPANHOL 2016/2017 (LIGA EUROPA)

Hoje faremos a terceira parte da série de quatro matérias contando o resumo da temporada do Campeonato Espanhol (La Liga) onde o Real Madrid se sagrou campeão. Falaremos das equipes que se classificaram para a Liga Europa. Athletic, Real Sociedad e Villareal.

Marcelo Soutullo
Colaborador do Torcedores

Foto: Divulgação/Site Oficial Villareal

LEIA MAIS:
RESUMÃO DO CAMPEONATO ESPANHOL 2016/2017 (LIMBO DA TABELA)
RESUMÃO DO CAMPEONATO ESPANHOL 2016/2017 (REBAIXAMENTO)


Athletic – 7º (63 pontos)

A equipe de Bilbao conseguiu graças à vitória do Barcelona na Copa do Rei a vaga para a Liga Europa, uma “pequena compensação” por parte dos culés pela contratação de Ernesto Valverde, treinador dos “leones” nesta temporada. Em uma campanha com 19 vitórias, 6 empates e 13 derrotas, com um estilo de jogo mais equilibrado algo que é da filosofia do Athletic, como também a capacidade de revelar atletas, como o zagueiro Yeray Álvarez de 22 anos que fez ótima temporada. O ataque parece cada vez mais entrosado, Munianin, o veterano Aduriz ajudaram muito a equipe, o centroavante foi o segundo melhor goleador espanhol na liga com 16 gols.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Real Sociedad – 6º (64 pontos)

Os “Txuri-urdin” conseguiram garantir a classificação para a Liga Europa na última rodada, após conseguir um empate em Vigo contra o Celta, a boa campanha do treinador Eusébio Sacristán finalizou com 19 vitórias, 7 empates e 12 derrotas. Eusebio que treinou o Barcelona B, deu essa característica de posse de bola e controle de jogo e consequentemente o ataque funcionou bem, tanto Willian José como Juanmi marcaram mais de 10 gols (12 e 11 respectivamente) e destaca-se também a volta do bom futebol do meia Ilarramendi.

Villareal – 5º (67 pontos)

Regularidade é o adjetivo que pode-se atribuir ao “submarino amarelo”, desde que voltou à primeira divisão a equipe sempre conseguiu estar dentro das vagas europeias, uma das grandes virtudes dessa equipe é a solidez defensiva, que sofreu apenas 33 gols, perdendo apenas para o Atlético neste atributo e com um ataque perigoso torna um rival difícil de ser batido. Fran Escribá conseguiu dar andamento no bom trabalho de Marcelino, com 19 vitorias, 10 empates e 9 derrotas. A dupla de meias Soriano (Roberto e Bruno) e o atacante congolês Bakambu são um dos destaques da equipe da Comunidade Valenciana.

Amanhã será a última parte, que falaremos das equipes que estão nas vagas para a Champions League.