Dez times já mudaram de treinador durante o Brasileirão. Confira quais!

A saída de Roger Machado do Atlético-MG após a derrota para o Bahia na última quarta-feira (19) foi a mais recente demissão e treinador no Campeonato Brasileiro. Com sua demissão, já chegam a dez os clubes que trocaram de treinadores no Brasileirão 2017, por um motivo ou outro na temporada.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do Atlético-MG

O Torcedores.com fez um levantamento de quais são os técnicos que deixaram seus cargos durante o atual certame nacional, que encerra nesta quinta (20) sua 15ª rodada. Contamos apenas os casos de times que mudaram de técnico na competição em si.

LEIA MAIS

FLAMENGO X PALMEIRAS ELEVA A MÉDIA DE AUDIÊNCIA DA GLOBO NO BRASILEIRO

QUEM QUER DINHEIRO? NOVO MILIONÁRIO, MILAN CONTRATA MAIS DE UM TIME E MIRA TÍTULOS

SAIBA QUAIS ERAM OS CARROS PREFERIDOS DOS JOGADORES NA DÉCADA DE 1990

Atlético-GO: Marcelo Cabo começou o Brasileirão treinando o clube, mas acabou sendo demitido com a má campanha inicial do Dragão. Doriva assumiu o comando do clube, que luta contra o rebaixamento

Atlético-MG: Roger Machado assumiu o time no começo deste ano e levou o time às oitavas de final da Libertadores. Tropeços na competição nacional causaram sua saída, a mais recente do campeonato.

Atlético-PR: Paulo Autuori iniciou o Brasileiro, mas deixou o cargo para virar dirigente e Eduardo Baptista se tornou o novo treinador. Posteriormente, Baptista foi demitido (Autuori se demitiu e depois retornou ao clube) e o atual técnico é Fabiano Soares

Bahia: Guto Ferreira começou treinando o Tricolor, mas acabou sendo contratado pelo Internacional. Jorginho é o atual técnico do time.

Chapecoense: Vagner Mancini começou a reconstrução da Chapecoense em 2017 após a tragédia envolvendo o clube no final de 2016. Mas também deixou o clube e acabou substituído por Vinícius Eutrópio.

Coritiba: Pachequinho foi efetivado em 2017 como técnico do Coxa. No entanto, também os maus resultados da equipe acabaram influindo em sua demissão, ocorrida após a partida da última quarta, contra a Ponte Preta.

Santos: O Peixe começou o Brasileirão sendo treinado por Dorival Júnior. Pressionado por dirigentes, parte da torcida e também com atuações irregulares, o treinador acabou sendo demitido e Levir Culpi assumiu o cargo. É o único time do G6 a ter trocado de treinador durante o Brasileirão.

São Paulo: Ídolo maior do Tricolor, Rogério Ceni começou o Campeonato Brasileiro comandando o clube que o tornou mito. Eliminações sucessivas em outras competições e uma série de maus resultados acabou causando sua demissão. Dorival Júnior, egresso do Santos, assumiu o cargo.

Sport: O Brasileiro foi iniciado na Ilha do Retiro com Ney Franco como treinador. O técnico deixou o time para Vanderlei Luxemburgo, de volta após um período na China, assumir o rubro-negro.

Vitória: Petkovic começou o campeonato como técnico e gerente de futebol, mas decidiu seu focar apenas no cargo de dirigente e contratou Alexandre Gallo, que foi alvo de críticas da torcida na derrota para o Grêmio.

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial do Atlético-MG)

Você conhece os melhores sites de apostas do mercado? O OddsShark te indica!