Futebol

Insatisfeito com a reserva, Ábila procura a diretoria do Cruzeiro; clube confirma

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Ábila

Crédito: Foto: Washington Alves/ Light Press

Em meio aos protestos da torcida na manhã desta terça-feira, na porta da Toca da Raposa, a diretoria do Cruzeiro esteve presente na sala de imprensa do clube para falar sobre o atual momento da equipe. Entre os temas abordados, uma delas foi a insatisfação do atacante Ramón Ábila com a condição de reserva. O jogador procurou a diretoria para reivindicar uma sequência como titular.

O diretor de futebol Klauss Câmara confirmou o episódio, porém, entende é um assunto que compete exclusivamente ao técnico Mano Menezes.

LEIA MAIS:

FUTURO DE MANO, COBRANÇA E SAÍDAS: KLAUSS E TINGA FALAM SOBRE O MOMENTO DO CRUZEIRO

O Ábila conversou com a diretoria, mas não consideramos isso como algo absurdo, muito pelo contrário. Ele manifestou a insatisfação por não estar jogando, o que é bom. Pior se fosse diferente disso. Mas a condição de jogar compete ao treinador”, declarou Klauss.

“Ela não é uma competência do presidente, de dirigente ou de quem quer que seja. A competência de escalar os atletas é do treinador. Agora, entre o Ábila manifestar o desejo de sair e, verdadeiramente, ele vir a sair, tem que ser algo que seja interessante não só para ele, como para o Cruzeiro, que até então não tem nenhuma situação concreta, nenhuma situação de saída”, completou.

Ontem o jornal português “A Bola”, trouxe em sua página na internet que o Benfica estaria interessado no atleta de 27 anos. O TORCEDORES.COM entrou em contato com seu empresário, Adrián Ruocco, que garantiu que até o momento não foi procurado por ninguém.

Não há nada com o Benfica nem nenhum outro clube português“, afirmou Adrián.

Vale lembrar que o Cruzeiro ainda vive o impasse com o Huracán, clube o qual Ábila defendia antes de desembarcar em Belo Horizonte. Os dirigentes argentinos alegam que uma parte da transação ainda não foi paga pelos cruzeirenses. Sem definição, o caso foi levado até a Fifa.