Futebol

Análise: Intensidade, marcação alta, Kayke e Lucas Lima mostram um “novo Santos”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Santos

Crédito: Foto: Reprodução/Facebook Conmebol Libertadores Bridgestone

O Santos venceu o Atlético-PR por 3 a 2 e garantiu uma excelente vantagem para o jogo da volta, em agosto. Muitos pontos positivos puderam ser presenciados na atuação do time de Levir Culpi.

Em um primeiro momento, o destaque maior ficou para Lucas Lima, principal peça no time santista. O armador voltou a apresentar um futebol do mais alto nível e liderou o Peixe rumo à vitória.

Quem o ajudou nessa missão foi Kayke, que vem fazendo o torcedor santista deixar de sentir saudades de Ricardo Oliveira. Com dois gols, foi efetivo na hora em que solicitado e mais uma vez garantiu boa margem para o Peixe.

Mas foi muito mais que atuações individuais. O time de Levir Culpi demonstrou consistência e força coletiva. A intensidade foi a mesma da temporada 2016 e a marcação alta também.

Bater o Atlético-PR jogando em Curitiba, mesmo que não na Arena da Baixada não é das missões mais simples. E o Santos fez isso muito bem e apresenta boas perspectiva para a sequência da temporada.