DESTAQUE

Antes de polêmica, Wianey Carlet bombou com “Taison ou Messi”; relembre

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Reprodução/

Wianey Carlet, jornalista da Rádio Gaúcha, gerou no último sábado (29) uma das maiores polêmicas da imprensa brasileira. Sem saber que estava ao vivo, ele disse durante um programa que não sentiu a morte do colega Paulo Sant’Ana e que o achava muito “filho da p…”.

Após a polêmica, Wianey tentou se retratar e disse que se tratava de uma brincadeira e de uma “piada” que iria fazer. Contudo, o estrago já estava feito e nesta segunda-feira, o grupo RBS anunciou o seu desligamento após muitos anos de casa.

Não foi a primeira vez que o jornalista polemizou. Em 2009, em postagem no seu blog, com o título “Taison ou Messi, o futuro dirá quem foi melhor”, Wianey previu que o então jovem atacante Taison, do Internacional, se tornaria melhor jogador do mundo, superando o argentino e ainda defenderia um grande clube europeu, o que ainda não ocorreu. Tal texto é relembrado até hoje e motivo de chacota entre os torcedores.

Relembre abaixo partes da postagem:

“Taison jogará em um grande clube europeu, não deverá ser outro o seu destino. E quando estiver diante dos olhos do Velho Continente, será inevitável a sua consagração. Fazer previsões desta natureza é sempre temerário. Mas, neste caso, nem chega a ser um ato de coragem.”

“Hoje, Messi desponta como candidato fortíssimo a melhor jogador de futebol do mundo. Dentro de algum tempo, provavelmente, Taison desfrutará desta posição. E, dentro de uns 10 anos, será possível questionar: quem foi melhor, Messi ou Taison? Não custa esperar para ver”.

Desde a postagem em maio de 2009, Messi conquistou diversos títulos pelo Barcelona e levou o prêmio “Bola de Ouro da Fifa” por quatro vezes (2010, 2011, 2012 e 2015). Já Taison, que deixou o Inter em 2010, teve passagens por Metalist-UCR e Shakhtar Donetsk, seu atual clube. Recentemente, ele disputou os amistosos da seleção brasileira, contra Argentina e Austrália.

VEJA TAMBÉM:

Comentarista diz ao vivo que “não sentiu” morte de Sant’Ana e gremistas protestam na web 

Após insulto ao vivo a Paulo Sant’Ana, Wianey Carlet é demitido da RBS