Brasileirão: após goleada sofrida para a Ponte, Coritiba demite Pachequinho

Após a goleada para a Ponte Preta, por 4 a 0, no Moisés Lucarelli, na noite desta quarta-feira (19), Pachequinho acabou demitido do comando do Coritiba, que agora buscará novo treinador para a sequência do Brasileirão. O Coxa estacionou nos 19 pontos, na 13ª posição.

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/Coritiba

A notícia foi confirmada pelo diretor de futebol Alex Brasil nos vestiários do estádio de Campinas. “Lamentavelmente, a gente tem que dar esta notícia. O Coritiba vai trabalhar para resolver isso, para ir forte contra Flamengo, reverter esta situação e trazer um comando técnico o quanto antes para o time”, disse o dirigente, que culpou os resultados pela saída do técnico.

VEJA MAIS
PONTE PRETA x CORITIBA: SHEIK MARCA DOIS E MACACA GOLEIA; ASSISTA AOS GOLS
PONTE PRETA x CORITIBA: ACOMPANHE O PLACAR AO VIVO E LANCES EM TEMPO REAL

“Nós acompanhamos o trabalho dele, sabemos o quanto ele evoluiu, mas o futebol está atrelado aos resultados. E estes não vieram. Perdemos um grande profissional e desejamos que ele tenha sequência em sua carreira, enquanto seguimos um novo rumo”, finalizou Alex Brasil.

Pachequinho dirigiu o Coritiba em 28 jogos, com 13 vitórias, seis empates e nove derrotas, e conquistou o Campeonato Paranaense neste ano.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Vagner Mancini é o nome mais comentado nos bastidores para ser o substituto. Para o duelo contra o Flamengo, no fim de semana, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o preparador físico Robson Gomes deve estar à beira do campo.