Futebol

Arroyo estreia no Grêmio, mas sai de campo com fratura no nariz

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Arroyo

Crédito: FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

A estreia de Michael Arroyo no Grêmio não foi das melhores. O equatoriano entrou durante o segundo tempo do empate em 1 a 1 contra o Santos neste domingo (30), mas ficou pouco tempo em campo depois de sofrer um choque com o lateral Victor Ferraz.

O meia-atacante entrou aos 29 minutos do segundo tempo e foi retirado de maca aos 44 minutos. Depois de sair, ele foi levado para os vestiários e de lá para o hospital, onde fará exames mais detalhados que definirão a gravidade do problema e quanto tempo deve ficar fora de ação.

O departamento médico do time afirmou que já tem uma certeza de fratura. “Ele teve um trauma, vimos na hora que foi fratura. Foi ao hospital para fazer exame e aí teremos a gravidade da lesão. Houve muito sangramento, estancamos e foi possível ter a suspeita”, explicou o médico do clube Márcio Dorneles.

Renato Gaúcho também comentou o lance. “O Arroyo poderia ter ido na viagem anterior, estava pronto. O que falta é ritmo de jogo. Temos que colocar ele aos pouquinhos. Infelizmente ele entrou, se machucou”, resumiu.

Com isso, o treinador terminou o jogo com três perdas. Além de Arroyo por lesão, Geromel que recebeu o terceiro amarelo e Edílson que foi expulso no final da partida também não estarão disponíveis. O lateral quis cobrar uma falta rápida no final da partida e empurrou o atacante Thiago Ribeiro, recebendo o segundo amarelo e o vermelho.

LEIA MAIS: Renato fala sobre jogo ‘pegado’ com Santos: “Não quero uma equipe de freiras”