Futebol

Barcelona abre as portas para o Palmeiras e cutuca Peñarol: “Usem o que quiserem”

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Crédito: Foto: Reprodução/Fox Sports

Nesta quarta-feira, o Palmeiras faz a partida de ida das oitavas de final da Libertadores contra o Barcelona, em Guayaquil, às 21h45 (horário de Brasília), em um confronto que promete ser dificílimo. A imprensa equatoriana entrevistou o técnico da equipe equatoriana, Guillermo Almada, e o uruguaio disse que “o objetivo do time é a Copa Libertadores”, tanto que poupou seus titulares no jogo pelo campeonato local no fim de semana.

LEIA TAMBÉM:
Sem Egídio, Cuca pode ousar na lateral esquerda contra o Barcelona; veja como
Palmeiras chega ao Equador com Guerra e sem Egídio; veja os relacionados
Pressão funciona e Palmeiras tem punição reduzida na Libertadores

O vice-presidente do Barcelona, Alfaro Moreno, elogiou o elenco que segundo ele, é um dos melhores da história do clube. Para a partida, os equatorianos não contarão com o volante brasileiro Gabriel Marques, lesionado, e o atacante Marcos Caicedo, que viu seu contrato terminar e ainda espera por uma definição.

Por mais que o Barcelona não promete moleza em campo, a recepção ao Palmeiras deve ser cordial e respeitosa. É o que garantiu o presidente do clube em entrevista ao Fox Sports, deixando claro uma certa ironia ao Peñarol, com quem o Verdão teve problemas dentro e fora de campo durante a fase de grupos do torneio.

“O público e a torcida daqui são muito tranquilos. Aqui em Guayaquil não será como na Argentina ou em outros países, aqui o público vai estar vestido de amarelo, com um Estádio Monumental repleto de torcedores apoiando a sua equipe. As portas estão abertas para o Palmeiras, eles poderão usar nossas instalações para treinar, inclusive o nosso estádio. Esperamos que a partida se decida dentro de campo, como deve ser”, declarou Moreno, nascido na Argentina, mas que defendeu a seleção equatoriana na época de jogador.

Você conhece os melhores sites de apostas do mercado? O OddsShark te indica!

Em sua 24ª participação na Libertadores, o Barcelona foi vice-campeão em 1990 e 1998, mas os equatorianos vêm embalados para esse ano já que, no ano passado, o time comandado por Guillermo Almada se sagrou vencedor local pela primeira vez desde 2012.

Veja como jornais do Equador estão falando do jogo entre Barcelona x Palmeiras: