Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cada vez mais desesperado, São Paulo precisa vencer o Vasco para “recomeçar” Brasileirão

Que situação delicada vive o time do São Paulo, hein! Imaginar uma situação desta no passado seria quase que impossível. O Tricolor era exemplo de estrutura e organização sendo comparado a clubes da Europa, o que evidentemente era refletido dentro das quatro linhas. Pois é, mas o cenário mudou completamente.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Atualmente, o clube tricampeão da Taça Libertadores da América ocupa a 18ª colocação da tabela do Campeonato Brasileiro da Série A, estando na temida Zona de Rebaixamento. São 12 pontos conquistados em 14 jogos, sendo três vitórias, três empates e oito derrotas. Os tricolores marcaram 14 gols e sofreram 18. Todos estes números dão um aproveitamento pobre de 28.6%.

Nem mesmo a saída do relâmpago treinador e eterno ídolo Rogério Ceni acertou as coisas no Morumbi. Desde a chegada de Dorival Junior foi visto um empate de 2 a 2 com o Atlético Goianiense em casa e uma derrota fora para a Chapecoense por 2 a 0. Agora chegou o momento de atuar novamente perante os seus próprios torcedores. Sinceramente, não sei dizer se é bom ou ruim. A torcida anda extremamente impaciente e ávida por três pontos para sair da rabeira. Um inédito rebaixamento marcaria profundamente a rica e gloriosa história desta agremiação. É só olhar para o exemplo do Internacional, de Porto Alegre.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Quarta-feira (19), às 21h45 (horário de Brasília), o adversário da vez vai ser o Vasco da Gama. Jogando na capital paulista, nas últimas cinco vezes foram dois empates uma derrota e duas vitórias. O resultado positivo mais recente aconteceu no dia 8 de junho, 2 a 0 contra o Vitória. Os gols foram marcados por Thomaz e Lucas Pratto.

Para encarar os cariocas, Dorival Junior realizou um treino de portas fechadas no centro de treinamento da Barra Funda. Até a publicação desta nota, não havia informações sobre presenças ou ausências para mais uma rodada do campeonato nacional. De acordo com os números do OddsShark.com, caso o São Paulo retorne aos caminhos do triunfo, o valor a ser pago ao investidor será de R$ 1,50, a cada real investido.

Do outro lado, os vascaínos foram surpreendidos com o pedido do meia-atacante Nenê para não ser relacionado, pois ele quer trocar de clube e certamente deixará São Januário. Ele não vinha sendo titular com o técnico Milton Mendes em algumas partidas. O seu destino pode ser o mundo árabe ou o futebol europeu, principalmente times de segundo escalão da França, Itália e Espanha. Quem pode chegar é Eduardo Sasha, do Internacional, Raphael Veiga e Hyoran, ambos do Palmeiras. Vamos aguardar.

Diante dos são-paulinos, Luís Fabiano ficará no Rio e está fora porque segue a sua recuperação de uma lesão no joelho. Wellington e Breno estão suspensos por conta do terceiro carão amarelo e, por isso, também estarão ausentes.

O Cruzmaltino está na 9ª colocação com 20 pontos, sendo seis vitórias, dois empates e seis derrotas. Foram marcados 19 gols e sofridos 24. O aproveitamento é de 47.6%. Nos cinco jogos mais recentes como visitante o Vasco venceu uma vez, empatou outra e foi derrotado em três.  A primeira vitória longe do Rio de Janeiro aconteceu na semana passada, na goleada de 4 a 1 diante do Vitória, no Barradão, em Salvador.

Um novo sucesso no Morumbi vai pagar bons R$ 5,50 por 1 ao apostador que optar por esta possibilidade, segundo o OddsShark.com nas casas de apostas esportivas.

Histórico

A última vez que São Paulo e Vasco ficaram cara a cara dentro das quatro linhas foi no dia 18 de outubro de 2015, no Campeonato Brasileiro da Série A. Na oportunidade, o placar ficou empatado em 2 a 2. Ao pegarmos o retrospecto do confronto direto entre estes dois grandes clubes brasileiros podemos perceber que nas cinco partidas mais recentes os cariocas venceram duas vezes, os paulistanos outras duas, sem falar em um empate.

Confira os odds da 15ª rodada do Brasileirão no Torcedores:

Quarta-feira (19 de julho)

19h30 – Santos (R$ 1,57) x (R$ 5,50) Chapecoense. Empate: R$ 3,60

19h30 – Vitória (R$ 3,10) x (R$ 2,05) Grêmio. Empate: R$ 3,50

21h – Avaí (R$ 3,60) x (R$ 1,91) Corinthians. Empate: R$ 3,40

21h – Ponte Preta (R$ 1,83) x (R$ 3,80) Coritiba. Empate: R$ 3,40

21h45 – Atlético Mineiro (R$ 1,53) x (R$ 5,75) Bahia. Empate: R$ 3,75

21h45 – Flamengo (R$ 1,85) x (R$ 4,00) Palmeiras. Empate: R$ 3,30

21h45 – São Paulo (R$ 1,50) x (R$ 5,50) Vasco da Gama. Empate: R$ 3,80

Quinta-feira (20 de julho)

19h30 – Fluminense (R$ 2,38) x (R$ 2,80) Cruzeiro. Empate: R$ 3,20

20h – Sport (R$ 1,50) x (R$ 5,50) Atlético Goianiense. Empate: R$ 4,00

21h – Atlético Paranaense (R$ 2,00) x (R$ 3,50) Botafogo. Empate: R$ 3,10

As melhores notícias de esportes, direto para você