Surfe

Campeonato de ondas gigantes começa em Puerto Escondido e tem brasileiro na briga

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Reprodução/Twitter WSL

Com ondas de 6 metros de altura, o campeonato mundial aguardou o mês inteiro pelo vento swell que deixaria o mar perfeito. Enfim, o mar chegou e começaram as quatro baterias, que levarão ao grande campeão da etapa.

 

Depois de um mês esperando o mar perfeito, começou na manhã desta segunda-feira (31) a primeira etapa do Circuito Mundial de Ondas Gigantes, o WSL Big Wave, na praia de Puerto Escondido, no México. As ondas passam de quatro metros de altura, com uma formação bastante intensa e o vento leva os surfistas rapidamente pela parede, deixando a sensação de voar sob o mar. Esta é a visão que se tem ao assistir uma competição de surfe em ondas gigantes.

LEIA MAIS

Surfista une manobras do skate no surf e acerta um “kickflip” no mar
Surfando com muito estilo e competência Filipe Toledo é campeão em J-Bay

São 24 atletas de alta performance, competindo entre eles e com a adversidade do mar, para chegar a um campeão das ondas perfeitas. O big rider Pedro Calado é o único representante brasileiro na competição e passou o mês inteiro no México treinando para o evento. Lucas “Chumbo” Chianca desistiu de participar da etapa porque sofreu uma grave lesão no pé durante os treinamentos, mas corre contra o relógio para voltar ao mar o mais rápido possível.

Já na primeira bateria, foi possível acompanhar o nível de dificuldade do campeonato. As ondas intensas fizeram com que os surfistas tivessem pranchas quebradas, e ainda nos primeiros 20 minutos de prova, o chileno Cristian Merello sofreu um caldo em uma onda e precisou ser retirado do mar pela equipe de salvamento.

O desafio dos big riders está somente começando, porque Puerto Escondido é a primeira etapa do circuito mundial, que ainda conta com a etapa de Nazaré, em Portugal, e Ilhas de Maui, no Havaí, que estão programadas para acontecer entre 15 de outubro e 31 de dezembro. O surfista carioca Pedro Calado terminou o campeonato de 2016 na segunda colocação e é um grande candidato ao título desta temporada.

Confira um pouco da primeira bateria da etapa de Puerto Escondido: