Futebol

Cássio espera corintianos receptivos à Sheik e pede cuidado com ídolo corintiano

Publicado às

Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.

Sheik

Crédito: Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Quatro dias depois dos cinco anos da Libertadores, o Corinthians irá reencontrar com seu ‘herói’ daquele título. Emerson Sheik estará em campo pela Ponte Preta e voltará a jogar na Arena, em Itaquera. Mais de 20,5 mil ingressos já foram vendidos e Cássio espera uma recepção boa da Fiel perante ao ídolo corintiano.

Emerson Sheik tem 158 jogos pelo Corinthians em três anos e meio (2011/2013 e 2015) e ganhou cinco títulos. O atacante nunca escondeu seu amor pelo Timão, mas jogando pela Ponte vai tentar quebrar a invencibilidade da equipe de Carille e Cássio pediu precaução com jogador.

“A recepção da torcida ao Sheik eu acho que vai ser boa. Foi um cara que sempre se entregou muito no Corinthians e foi dedicado. Entrava em campo e fazia o melhor. É um jogador mais experiente hoje, mas temos de tomar muito cuidado. Tem um chute muito bom, sabe se movimentar e vai querer fazer seu melhor. Temos de ter muita atenção contra a Ponte”, disse o camisa 12, em coletiva.

Assim como Sheik, Cássio também foi uma das peças fundamentais para o Corinthians levar a Libertadores em 2012, sobre o Boca Juniors. Cinco anos depois, o goleiro se ver melhor que 2012 por ter adquirido experiência.

“A final da Libertadores é uma data que sempre vai ser lembrada, um título muito desejado pelo torcedor corintiano. É muito gratificante ter feito parte daquela história. O Cássio de hoje é melhor, estou muito mais maduro, tive coisas positivas e negativas que me fizeram amadurecer como pessoa. Eu era um menino quando cheguei, já tinha jogadores multicampeões. Eu tinha muito a aprender”,