Mídia Esportiva

Diretoria da Chapecoense entrará na justiça por declarações de Neto; entenda

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Neto

Crédito: Foto: Reprodução

O ex-jogador e comentarista Neto, da Rede Bandeirantes, será alvo de uma ação iniciada na justiça pela Chapecoense.

Famoso por dizer o que pensa e se envolver em polêmicas, mais uma vez Neto desagradou algumas pessoas com suas críticas. Desta vez, quem não gostou de suas declarações foram membros da diretoria do clube de Santa Catarina.

LEIA MAIS:
Gabriel Jesus tatua letra dos Racionais MC’s no peito; confira

Durante o programa do qual é apresentador, “Os Donos da Bola”, exibido na última terça-feira (4), o comentarista estava falando sobre a demissão do técnico Vágner Mancini, que treinava a Chape até a rodada do Brasileirão do último fim de semana.

Para Neto, demitir o treinador foi uma atitude “absurda” e a diretoria do clube é formada por uma “cambada de incompetentes”.

Além disso, o ex-jogador também disse que a Chapecoense não tinha contrato com o antigo técnico Caio Júnior, que faleceu no trágico acidente aéreo ano passado, e que a família dele entrou com uma ação na justiça pedindo R$30 milhões do clube.

Como publcado pelo portal UOL Esporte, segundo integrantes do departamento jurídico da Chape, as palavras de Neto foram além do bom senso e não condizem com a verdade, principalmente nos comentários envolvendo o contrato de Caio Junior. A diretoria do clube também deve pedir direito de resposta à emissora.