Futebol

OS CINCO ANOS DO TÍTULO INVICTO DO CORINTHIANS NA LIBERTADORES

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Meu Timão

Há exatos 5 anos, no dia 4 de julho de 2012, o Corinthians derrotava o Boca Juniors por 2 a 0 e conquistava o titulo na libertadores de forma invicta. A segunda partida da final foi disputada no Pacaembu, em São Paulo e agora relembre como foi essa partida.

Leia mais: http://torcedores.uol.com.br/noticias/2017/07/5-anos-da-liberta-corinthians-jogadores

A torcida lotou o estádio e fez um mosaico que formava “Vai Corinthians” e cantavam para incentivar o time para a conquista e na entrada do time tinham fogos. E a partida com começou com time paulista correspondendo a torcida dentro de campo onde pressionava e fazia boas jogadas com Emerson sheik que tentava de todos os lados chutar ou tentar uma assistência para os seus companheiros, porém as tentativas não davam o resultado esperado. Os minutos se passavam e as boas jogadas acontecia, mas sem o ultimo passe ou um chute que pegasse a defesa e goleiro de surpresa para abrir o placar e o primeiro tempo acabou 0 a 0.
E veio o segundo tempo que traria momentos de alegria para o torcedor do “Timão”, mas que começou assustando foi o Boca Juniors que protagonizou momentos de perigo nos quatros primeiros minutos, porém aos sete minuto do 2º segundo ocorreu uma falta em Danilo, que Alex cobrou e no começo da grande Jorge Henrique cabeceou e na disputa no alto a bola sobrou para Danilo que com a bola quicando deu de calcanhar para Emerson Sheik que dominou no peito e soltou a “bomba” no lado direito do goleiro e abriu o placar 1 a 0 para o “Timão” aos nove minutos. Depois do gol o Boca queria iniciar uma reação e houve dois lances de bola parada um aos 14 minutos e outro aos 26, no primeiro lance a bola passou sem perigo, mas no segundo no cruzamento o jogador do Boca cabeceou e Cassio defendeu com um pouco de facilidade e depois de alguns lances, Rolando Schiavi tocou a bola errada que foi para nos pés de Emerson sheik que arrancou deixando para trás Matías Caruzzo e chutando na sida do goleiro que ainda tocou na bola mas foi insuficiente e o Corinthians abriu os 2 a 0. Aos 38 minutos em uma falta frontal aí gol Chicão cobrou e a bola passou pelo lado direito do goleiro e tocou a rede pelo lado de fora dando a impressão a alguns torcedores que havia sido gol, após esse lance o boca ainda tentou fazer um gol e incendiar a partida mas não teve sucesso e depois dos três minutos de acréscimo, o Corinthians se tornou o campeão de 2012.
Com o titulo, o clube paulista se tornou a Sétima equipe a ganhar de forma invicta a libertadores e o artilheiro e grande destaque foi o jogador Emerson Sheik que anotou dois gols na final e acumulou cinco gols em toda competição.