Diego Souza no Palmeiras: tudo o que sabemos sobre a negociação

No início da semana, a informação de que o Palmeiras estaria interessado em contratar Diego Souza para a sequência da temporada pegou muita gente de surpresa. O jogador, de 32 anos, é o principal nome do Sport e constantemente lembrado pelo técnico Tite nas convocações da seleção brasileira para atuar como falso 9. A negociação, no entanto, não é nada fácil.

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação/Sport Recife

LEIA MAIS:
Torcida do Palmeiras se empolga com possível retorno e invade Instagram de Diego Souza

A diretoria do Sport descarta perder seu principal jogador. O presidente do clube pernambucano, Arnaldo Barros, fez questão de destacar em todas as entrevistas que concedeu durante a semana, que o valor da multa rescisória para tirar Diego Souza do clube é inviável para qualquer clube brasileiro.

“A multa rescisória, que seria uma forma [de tirar Diego Souza], é impagável. Acho muito difícil essa veiculação não passar de uma pretensão, de uma notícia sem maiores repercussões. Não acredito na concretização dessa especulação“, afirmou Barros ao “Blog do Torcedor“, sem revelar qual é o valor da multa.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Segundo informações do blog do Rodrigo Mattos e da ESPN, o clube pernambucano já estipulou um valor para abrir conversas com o Palmeiras pelo camisa 87: R$ 30 milhões.

Na última quarta-feira (28), Diego Souza conquistou o título do Campeonato Pernambucano com o Sport, e falou pela primeira vez sobre o interesse do Palmeiras, mas despistou sobre o assunto. “Eu vou comemorar muito aqui, um dia muito especial e não vou deixar nada atrapalhar esse momento. Amanhã é um dia novo e aí a gente vai ver o que vai acontecer”, falou com lágrimas nos olhos.

Antes da partida contra o Cruzeiro, também na quarta-feira, o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, também despistou sobre o assunto. “A gente está trabalhando para ajustar o que está aqui. Não dá para ficar falando de Diego Souza, Diego Souza… Outro dia era o Tardelli, outro dia era o Marco Rubén, outro dia era o Diego Costa. Pô, cada hora a gente fica falando um nome e isso cria uma expectativa no torcedor. O torcedor tem que entender que o que temos de bom é o nosso coletivo. Temos grandes jogadores aqui – disse Mattos, quando um repórter perguntou se o Palmeiras fez ou não uma proposta ao Sport por Diego Souza”.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Depois da conquista, a diretoria do Sport se reuniu com o jogador e ofereceu uma renovação de contrato, propondo um aumento salarial. A reunião foi feita entre o vice de futebol do Sport, Gustavo Dubeux, o agente do atacante, Eduardo Uram, e o pai de Diego, Marco Aurélio, além do camisa 87.

“Nós mostramos na reunião a vontade e objetivo de continuar com o jogador. Eles ficaram de pensar, de refletir, conversar com jogador, porque entendemos que o Diego tem vontade de ficar. Está em processo de decisão e estamos aqui esperançosos de que ele continue conosco”, disse Dubeux em entrevista ao Lance!.

O vice de futebol ainda explicou a vontade em continuar com Diego Souza e que por isso ainda não avaliou a proposta do Palmeiras. “Ainda não levamos nada em consideração, porque queremos continuar com o jogador. É sempre um prazer receber Eduardo Uram, um parceiro do clube, e o pai de Diego Souza. Colocamos que queremos continuar com Diego Souza no Sport, de forma para prorrogar um ano de contrato, isto é nossa vontade”, completou o dirigente.

O Palmeiras, por sua vez, enviou Cícero Souza, gerente de futebol do clube, para Recife para negociar a contratação do jogador. A ideia do Verdão é aproveitar a boa relação do dirigente com Dubeux.

Na sexta-feira, durante entrevista coletiva, o técnico Cuca demonstrou muito pessimismo com o negócio. “É uma negociação que dificultou muito. Não teve o desfecho que a gente esperava. O Cícero já está de volta. Não é verdade (que Diego Souza está certo). Se fosse verdade, eu diria. É um jogador que o Palmeiras manifestou interesse. Até então, muito improvável que ele venha”.

Já no sábado, após a vitória sobre o Grêmio no Campeonato Brasileiro, o técnico mudou o tom e não descartou a possível chegada do jogador. “Contínuo pessimista pelo Diego Souza. Mas do pessimismo ao otimismo é um ‘tchum’”, disse o técnico, que também falou sobre dar mais chances ao colombiano Borja.

Diego Souza tem contrato com o Sport até dezembro de 2018 – com a opção automática de estender até 2019 – e salários de R$ 400 mil.

Vale lembrar que a Conmebol mudou a regra de inscrição da Libertadores na última semana e passou a permitir troca de inscritos até 48h antes do jogo de volta das oitavas de final da competição. No caso do Palmeiras, o jogo será disputado no dia 9 de agosto, ou seja, se Diego Souza não jogar as sete partidas do Brasileirão antes, o Verdão tem um prazo um pouco maior para conduzir e tentar fechar o negócio.