Futebol

Santista? Apresentador da ESPN surpreende e diz que era palmeirense na infância

Publicado às

Colaborador do Torcedores

João Carlos Albuquerque

Na edição desta terça-feira do programa “Bate Bola”, da ESPN Brasil, o apresentador João Carlos Albuquerque (Canalha), revelou ter sido torcedor da Sociedade Esportiva Palmeiras durante a sua infância, muito em função da paixão do seu pai pelo Verdão. Ele ainda contou que passou a ser santista só depois que deu início a sua carreira como jornalista.

“Primeira vez que eu entrei em um estádio foi na Vila Belmiro, em 1964, 3 a 2 para o Palmeiras contra o Santos. E para falar a verdade eu até tinha uma preferência pelo Palmeiras. Tinha 9 anos e estava lá com meu pai, e ele é palmeirense. Eu fiquei santista depois que passei a trabalhar no rádio, em Santos, com 16 anos, e fui ficando amigo dos jogadores, andava no ônibus do Santos, batia bola com os caras no gramado da Vila”, disse João Carlos.

LEIA MAIS:

BRASILEIRÃO: JOGO ENTRE SPORT X PALMEIRAS TEM LOCAL ALTERADO

MOISÉS APONTA MOTIVOS PARA DIEGO SOUZA JOGAR NO PALMEIRAS: “NÃO PENSARIA DUAS VEZES”

Apesar da saia justa com os demais colegas que estavam na atração, João se orgulha em dizer que escolheu torcer pela equipe da Baixada de forma espontânea.

Eu virei santista espontaneamente. E eu acho mais legal ser torcedor assim do que quando a pessoa é influenciada por alguém. O primeiro jogo que eu vi in loco foi uma vitória do Palmeiras sobre o Santos“, completou ele.