Automobilismo

F1 2017: Confira a classificação de construtores após o GP da Hungria

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Hungria

Crédito: Foto: Twitter Oficial da Fórmula 1

Passadas as 70 voltas do GP Hungria, no circuito de Hungaroring, a disputa pelo campeonato de construtores continua quente e promete muito até o fim.

Neste domingo, 30, tivemos a 11ª de 20 corridas da temporada 2017 da Fórmula 1. A Ferrari passeou durante toda a prova e não deu chances a sua principal rival Mercedes e garantiu mais uma vitória, a quarta vitória no ano, todas de Sebastian Vettel, líder da temporada entre os pilotos.

Com a dobradinha no circuito húngaro, a Ferrari colou na líder Mercedes que viu seus pilotos terminarem em 3º e 4º lugar (Bottas e Hamilton, respectivamente), diminuindo a vantagem que era de quase 60 pontos antes da corrida para 39 pontos. Com um campeonato à parte das líderes, a RBR (Red Bull Racing) tem 184 pontos e com apenas um carro pontuando nesse domingo, a equipe ficou ainda mais longe da ponta da tabela.

Outro ponto importante é a Mclaren, que após ter um início de ano catastrófico começa a dar sinais de reação e deixou o último lugar da competição com os 9 pontos conquistados na Hungria, o ingrato posto agora é da Sauber. Confira como ficou a tabela de construtores da temporada 2017 da Fórmula 1:

  1. Mercedes – 357 pontos
  2. Ferrari – 318 pontos
  3. Red Bull Racing – 184 pontos
  4. Force India – 101 pontos
  5. Williams – 41 pontos
  6. Toro Rosso – 39 pontos
  7. Haas – 29 pontos
  8. Renault – 26 pontos
  9. Mclaren – 11 pontos
  10. Sauber – 5 pontos

Veja também: Confira a classificação de pilotos após o GP da Hungria

Agora os pilotos seguem para as férias de verão e só voltam as pistas no final do mês de agosto, nos dias 25, 26 e 27, para o GP da Bélgica em Spa-Francorchamps, um circuito rápido com retas longas, junto com a famosa e temida Eau Rouge, um “S” de altíssima velocidade em que a habilidade e a categoria dos pilotos são colocadas a prova a 300 km/h.