Futebol

Fábio Santos explica por que não bateu o pênalti perdido por Cazares

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Fabio Santos Atletico MG Corinthians

Crédito: Bruno Cantini/CAM

A vitória do Atlético-MG por 2 a 0 sobre o Coritiba na tarde deste domingo começou a ser construída aos 12 minutos em cobrança de pênalti convertida pelo lateral esquerdo Fábio Santos. Aos 25, com mais uma chance na marca da cal, mas desta vez com Cazares, o goleiro Wilson realizou a defesa. e impediu que o Galo ampliasse o placar ainda na etapa inicial.

Ao final do confronto entre mineiros e paranaenses, Fábio Santos esclareceu o motivo por não ter batido a segunda penalidade.

LEIA MAIS:

ATLÉTICO DIVULGA PARCIAL DE INGRESSOS VENDIDOS PARA JOGO CONTRA O CORINTHIANS

GOL DO ATLÉTICO-MG É MAL ANULADO E GERA REVOLTA DE TORCEDORES NA WEB

“Não bati por causa da liberdade que o Micale dá para a gente. Era eu, o Rafael Moura ou Cazares. Eles me deixaram bater o primeiro. No segundo Cazares pediu para bater”, declarou ele ao marcar seu primeiro gol a camisa alvinegra.

Fazia tempo que eu não fazia um golzinho. Ficou feliz, mas principalmente com a vitória, pois a gente estava precisando vencer, para dar confiança, já que os últimos resultados não foram bons. Então eu fico feliz pelas duas partida, pelo gol e a vitória do Atlético”, completou.

O triunfo alivia um pouco a pressão que o clube sofreu nos últimos dias em virtude de resultados ruins no próprio Brasileirão e a eliminação precoce na Copa do Brasil.

Agora as atenções se voltam para o duelo deste meio de semana contra o Corinthians, às 21h (horário de Brasília), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Neste momento, os comandados de Rogério Micale ocupam a 10ª colocação, com 23 pontos.