Futebol

Atlético-PR e Santos se encontram em Curitiba pelas oitavas da Libertadores

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito: Ivan Storti/Santos FC

Investir a sua preciosa grana em apostas esportivas, especialmente em partidas que você tem uma familiaridade maior com as equipes em questão, é bem mais fácil e prazeroso. Está aí uma bela oportunidade no Oddsshark.com/br.

Partida entre brasileiros

Os conhecidos Atlético Paranaense e Santos irão duelar às 19h15 (horário de Brasília) desta quarta-feira (5) pela primeira partida das oitavas de final da Taça Libertadores da América. O encontro vai ser na Vila Capanema, casa do Paraná, e não na Arena da Baixada. Os rubro-negros não poderão atuar em seus domínios porque o estádio está sendo usado para as partidas da Liga Mundial de vôlei.

Lembrando que na edição de 2005 do torneio de clubes mais importantes da América do Sul, santistas e atleticanos ficaram cara a cara pelas quartas de final. Na ocasião, o Furacão, que tinha em seu elenco o atacante Aloísio Chulapa, o goleiro Diego e o meio-campo Fabrício despachou o time de Robinho, Ricardinho e Deivid, conseguindo chegar à final da competição com o também time brasileiro São Paulo. Na decisão, os sulistas acabaram ficando com o vice-campeonato.

No primeiro jogo desta eliminatória, vitória dos mandantes na Arena da Baixada por 3 a 2. Em seguida, o triunfo foi dos visitantes na Vila Belmiro ao conseguirem o placar de 2 a 0.

Agora voltando para a edição de 2017, o clube de Curitiba precisou passar por uma fase de pré-Libertadores, onde eliminou o Millonarios, da Colômbia, e o Deportivo Capiatá, do Paraguai. Na etapa seguinte, no Grupo 4, terminou na segunda posição com 10 pontos em seis jogos, sendo três vitórias, um empate e duas derrotas. Foram marcados nove gols e sofridos 10. O aproveitamento do time vermelho e preto foi de 55.6%

Na estreia, o Atlético Paranaense chegou a fazer 2 a 0 com Nikão e Lucho González, no entanto Llanos e Noir empataram o placar em 2 a 2 para a Universidad Católica, do Chile, na Arena da Baixada. Como deixou escapar os pontos dentro de casa, na segunda partida era a vez de recuperar a pontuação. Triunfo de 1 a 0 sobre o tradicional San Lorenzo na cidade de Buenos Aires. O gol solitário, porém salvador, foi feito por Lucho González.

Em seguida, derrota de 2 a 1 para o Flamengo no Maracanã. Os cariocas conseguiram vencer com gols de Diego Ribas e Paolo Guerrero. Os sulistas fizeram com Nikão. Já no returno, triunfo de 2 a 1 no “Mais Querido”, na Arena da Baixada. Felipe Gedoz e Thiago Heleno balançaram as redes para os curitibanos, enquanto que Willian Arão fez para a equipe da Cidade Maravilhosa. Ainda diante dos torcedores, derrota de 3 a 0 para o San Lorenzo com gols de Paulo Díaz, Blandi e Botta.

No fechamento do grupo os rubro-negros conseguiram vencer o Universidad Católica em Santiago, por 3 a 2, em uma emocionante partida. Balançaram as redes Noir, Santiago Silva, Carlos Alberto, Eduardo Silva e Douglas Coutinho.

O jogo mais recente do Atlético Paranaense foi a derrota de 1 a 0 para o Sport, em recife, no último domingo (2) pelo Campeonato Brasileiro. Nos últimos cinco jogos perante a torcida, o clube do Paraná tem três vitórias, um empate e uma derrota.

Nesta semana, o treinador Eduardo Batista contou com o retorno dos seguintes jogadores: o lateral-direito Jonathan, o zagueiro Thiago Heleno, o lateral-esquerdo Sidley, o volante Otávio e o atacante Nikão. Eles foram poupados para o mata-mata e não jogaram contra o Leão da Ilha do Retiro.

Do outro lado do confronto, o Santos se classificou em primeiro lugar no Grupo 2. Foram 12 pontos conquistados em três vitórias e três empates, sendo marcados 11 gols e 4 sofridos. Os números representam um desempenho de 66.7%. A estreia aconteceu na igualdade de 1 a 1 com o Sporting Cristal, no Peru, com gols de Thiago Maia e Cazulo.

Na Vila Belmiro o time do Pelé faturou os primeiros três pontos na competição: 2 a 0 sobre os bolivianos do The Strongest. Renato e Ricardo Oliveira balançarem as redes adversárias. Já na terceira rodada, empate de 0 a 0 em Bogotá, cidade da Colômbia, contra o Independiente Santa Fé.

No começo do segundo turno foi a vez de o time da Baixada Santista receber os colombianos na capital paulista, no Pacaembu. Em um jogo movimentado e complicado os brasileiros conseguiram a vitória por 3 a 2. Para o Peixe marcaram Vitor Bueno, Ricardo Oliveira e Lucas Veríssimo. Os visitantes anotaram com Perlaza e Arango.

Pela quinta rodada da primeira fase chegou o momento de encarar a famosa e temida altitude de La Paz, na Bolívia, para jogar com The Strongest: 1 a 1. Gols de Chumacero e Léo Cittadini. Para encerrar, goleada de 4 a 0 na Vila Belmiro sobre o Sporting Cristal. Os tentos foram marcados duas vezes por David Braz, Ricardo Oliveira e Vitor Bueno.

Para encarar o Atlético, Levir Culpi vai ter a ausência de Vitor Bueno por conta de uma lesão. O jogo mais recente dos santistas aconteceu no último sábado (1), em Goiânia, com o Atlético Goianiense pela Série A. O jogo foi 1 a 1. Na oportunidade, Levir também poupou os seus principais atletas. Nos últimos cinco jogos atuando longe de casa o Santos empatou um, venceu dois e foi derrotado em outros dois.

De acordo com Oddsshark.com/br, os atleticanos pagarão R$ 2,45 a cada real apostado, enquanto que os santistas estão com os odds cotados em R$ 2,85. Eu acredito em um empate, o que gera R$ 3,05.

Confira os jogos da Copa Libertadores da América no Torcedores:

Terça-feira (4 de julho)

19h15 – Godoy Cruz (R$ 3,10) 0 x 1 (R$ 2,30) Grêmio. Empate: R$ 3,00

21h45 – Guaraní (R$ 3,05)  0 x 2 (R$ 2,30) River Plate. Empate: R$ 3,05

Quarta-feira (5 de julho)

19h15 – Atlético Paranaense (R$ 2,45) x (R$ 2,85) Santos. Empate: R$ 3,05

21h45 – Barcelona de Guayaquil (R$ 2,70) x (R$ 2,55) Palmeiras. Empate: R$ 3,05

21h45 – Jorge Wilstermann (R$ 2,70) x (R$ 2,50) Atlético Mineiro. Empate: R$ 3,20

Quinta-feira (6 de junho)

19h15 – The Strongest (R$ 1,46) x (R$ 7,00) Lanús. Empate: R$ 3,80

21h45 – Emelec (R$ 2,20) x (R$ 3,15) San Lorenzo. Empate: R$ 3,10

21h45 – Nacional (R$ 2,10) x (R$ 3,40) Botafogo. Empate: R$ 3,15