Futebol

Atlético-MG é favorito para ser “forte e vingador” também na Bolívia

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução / Site oficial Atlético-MG

A torcida do Atlético-MG está tão ansiosa quanto confiante para a sua estreia nas oitavas-de-final da Libertadores da América, às 21h45 desta quarta-feira (5). A equipe que vem embalada pela vitória no clássico mineiro no último domingo vai jogar no Estádio Félix Capriles, na cidade de Cochabamba, onde o Jorge Wilstermann conta com um aproveitamento de 100% como mandante. Até o poderoso Palmeiras, atual campeão brasileiro, caiu lá.

Será que o Galo escapa? Vai ser um pouco mais difícil sem o zagueiro Leonardo Silva, machucado desde a vitória de domingo contra o Cruzeiro.

Sua vaga é bem provável que seja ocupada por Bremer, um defensor rápido e de bom jogo aéreo. O Galo versão mata-mata vai contar também com mudanças na relação de inscritos. Thalis, Erazo, Clayton, Carlos Eduardo e Maicosuel não fazem mais parte do elenco atleticano na competição. O próprio Bremer e os meias Valdívia e Marlone, o lateral-direito Alex Silva, o volante Roger Bernardo foram listados.

O Jorge Wilstermann é uma equipe de respeito, claro. Nenhum time que está no mata-mata merece ser olhado de cima para baixo. Mas o que deve atrapalhar mesmo a atuação do Atlético é a altitude de Cochabamba, de 2.560 metros de altitude. É uma distância considerável, sem dúvida, embora os efeitos sejam menores que os de palcos mais elevados como os de La Paz, a 3.600 metros acima do nível do mar.

Alex Silva, zagueiro do Cruzeiro. Lembra dele, torcedor atleticano? É um dos defensores titulares do Jorge Wilstermann, que tem outro atleta conhecido pelo mineiro fanático por futebol: o armador Carlinhos, ex-URT, no banco de reservas da equipe boliviana.

Os times que entram em campo a partir das 21h45 desta quarta-feira são:

Jorge Wilstermann – Raúl Olivares; Omar Morales, Alex Silva, Edward Zenteno, Juan Pablo Aponte; Marcelo Bergese, Fernando Saucedo, Cristhian Machado, Serginho, Rudy Cardozo; Gilbert Álvarez. Técnico: Roberto Mosquera.

Atlético-MG – Victor; Alex Silva, Roger Bremer, Gabriel, Fábio Santos; Yago, Roger Bernardo, Marlone, Valdivia; Robinho e Fred. Técnico: Roger Machado.

GALO RICO E VINGADOR
As chances de vitória do Atlético-MG em plena Bolívia estão especialmente retratadas nas casas de apostas esportivas.

Segundo o site Oddsshark.com/br, o time de Roger Machado nesta quarta-feira em Cochabamba devolve ótimos R$ 2,60 a cada R$ 1,00 investido em caso de vitória. O empate renderia R$ 3,20/R$ 1,00, e a vitória do time boliviano no complicado estádio (para o adversário) Félix Capriles retornaria incríveis R$ 2,75 a quem cravasse esta opção.

A previsão de bastante equilíbrio, mas com um leve, quase imperceptível favoritismo do Atlético, é algo que se confirma também em outras variações de apostas nesta quarta-feira copeira na Bolívia.

Ainda segundo o site Oddsshark.com/br, o principal placar absoluto para esta partida é o 1×1. Quem cravar que ele vá se concretizar leva para casa interessantes R$ 6,00 a cada R$ 1,00 apostado. As combinações seguintes seriam são os dois 1×0, tanto em favor do Wilstermann quanto do Atlético-MG, que renderiam, cada, R$ 9,50/R$ 1,00.

Convém olhar com atenção no desempenho do time boliviano em sua casa. O Jorge Wilstermann fez sempre muitos gols jogando no Félix Capriles. Na fase de grupos, impôs 6×2 ao Peñarol, 3×2 ao Palmeiras e 2×1 ao Atlético Tucumán, um placar agregado de 11×5 que indica novas partidas repletas de gols nesta noite.

O desempenho do Atlético-MG como visitante é também interessante.

A equipe estreou na competição justamente fora de casa, contra o Godoy Cruz, na Argentina, com um empate por 1×1. Vieram depois uma derrota, para o Libertad, do Paraguai, por 1×0, e uma goleada impressionante sobre o Sport Boys no Peru, um 5×2 que deixou bem clara a força da equipe que é tida hoje como uma das mais fortes do continente.

Os voos do Galo no exterior não foram acompanhados de grandes lucros – e essa possibilidade, convenhamos, torna a partida desta quarta-feira mais especial.

O Atlético rendeu R$ 1,48/R$ 1,00 na goleada contra o Sport Boys – o 1×1 contra o Godoy Cruz foi acompanhado de mais sustância, com um R$ 3,23 que certamente deixou mais feliz o apostador que teve a visão que a partida na Argentina terminaria com esta igualdade.

Vale lembrar que uma estratégia mais conservadora, com o time poupando suas forças e encontrando no empate um bom resultado, também deve estar nos planos do Galo para esta quarta-feira. Afinal, decidir a vaga em casa é uma vantagem sempre muito grande para os times brasileiros – e tal condição deve ficar ainda mais clara nesta partida de volta marcada para só daqui a um mês em Belo Horizonte.

Aproveite e veja outros odds no Torcedores.