Futebol Europeu

Goleiro de time da Segundona inglesa é diagnosticado com leucemia e comove torcedores

Publicado às

Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.

Crédito: Crédito da foto: Getty Images

O goleiro Carl Ikeme, que defende o Wolverhampton, clube que atualmente disputa a Championship (a Segunda Divisão do Campeonato Inglês), foi diagnosticado nesta semana com leucemia aguda e precisará se afastar do futebol temporariamente para tratamento.

A notícia não só comoveu o elenco e a torcida dos Wolves, mas também jogadores e torcedores de times adversários, que deram apoio nas redes sociais. Para o diretor-geral da equipe, Laurie Dalrymple, a notícia baqueou a todos. “Seria um eufemismo dizer que todos no Wolves ficaram chocados e entristecidos ao ouvir as notícias do diagnóstico de Carl”, disse.

VEJA MAIS
CAMPEÃO DA CHAMPIONS COMO JOGADOR, PORTUGUÊS ASSUME CLUBE DA SEGUNDONA INGLESA

“Haverá alguns tempos muito difíceis à frente, mas ele receberá o melhor atendimento possível, auxiliado e apoiado por nosso próprio médico e equipe médica do clube, enquanto ele embarca no longo processo de tratamento”, completou o dirigente, que garantiu o máximo de esforço possível do Wolverhampton em sua luta pela vida.

Em comunicado divulgado pelo time, a família do atleta solicitou privacidade durante a recuperação e todas as atualizações sobre o estado de saúde do africano serão emitidas somente pelos Wolves.

Aos 31 anos, Ikeme defende o tradicional clube inglês há 13 anos – com alguns empréstimos a outras agremiações durante esse tempo – e foi titular durante as últimas temporadas da Segundona. Desde 2015, defende, também, a seleção da Nigéria, apesar de ter nascido na Inglaterra.