Futebol

Grêmio tem baixas, mas pode contar com retornos contra o Atlético-GO

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Foto: Michael Arroyo

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após empatar contra o Santos (1 a 1), na noite do último domingo, na Arena, o Grêmio inicia os preparativos para o duelo contra o Atlético-GO, nesta quarta-feira, no estádio Olímpico, pelo Brasileirão. O técnico Renato Gaúcho sabe que não poderá contar com o lateral Edílson e o zagueiro Geromel, ambos suspensos, além do meia Michael Arroyo, com fratura no nariz.

Edílson foi expulso no final da partida pelo árbitro Bráulio da Silva Machado após trocar empurrões com Thiago Ribeiro. Já Geromel recebeu o terceiro amarelo por reclamação.

O meia-atacante Michael Arroyo fez a sua estreia contra o Santos, porém, ficou apenas 20 minutos em campo e fraturou o nariz após dividida com o santista Victor Ferraz. O equatoriano ficará um mês afastado dos gramados.

“Obrigado a todos os gremistas por todas as mensagens de apoio. Me sinto super bem. Graças a Deus, não foi grave. É tentar recuperar o mais rápido possível. Eu estou ansioso para jogar e defender esta camisa bonita”, escreveu Arroyo em sua página no Instagram.

Em contrapartida, Renato conta com os retornos dos volante Michel que cumpriu suspensão contra o time paulista, e de Arthur, recuperado de gastroenterite. O lateral-direito Léo Moura, desfalque há mais de um mês devido à lesão muscular, deve voltar a ser relacionado, assim como o atacante Barrios, ausente nos três últimos jogos por desconforto muscular.

“Dentro das possibilidades, a gente procura colocar força máxima. Quem tiver condições para quarta-feira vai jogar. Dependo da palavra dos médicos. A partir do grupo que eu tiver em mãos, vou montar a equipe”, disse Renato Gaúcho, em entrevista coletiva no domingo.

Com o empate contra o Santos, o Grêmio perdeu a chance de reduzir para seis pontos a desvantagem para o líder Corinthians, que empatou contra o Flamengo.

VEJA MAIS:
Renato fala sobre jogo ‘pegado’ com Santos: “Não quero uma equipe de freiras” 
Veja a nota dos jogadores do Grêmio no empate contra o Santos