Esportes da mente

Jogador mais rico do mundo, canadense lidera mesa final e briga por sétimo bracelete

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Negreanu já ganhou mais de 100 milhões de reais com as cartas

Na extensa lista de jogadores de pôquer milionários, há um líder. É o canadense Daniel Negreanu. Dono de seis braceletes do WSOP (World Series of Poker), a fera de 42 anos já faturou nas mesas mundo afora mais de 33 milhões de dólares, e tem uma fortuna estimada em mais de 100 milhões de reais. Tá bom? Não para ele, que continua dando trabalho para os adversários e está na briga pra embolsar mais dinheiro e o sétimo bracelete da carreira.

Negreanu tá brilhando no WSOP que tá rolando em Las Vegas. Ele já esteve próximo do sétimo bracelete em três ocasiões só nesta edição do evento de pôquer mais importante do planeta.

Negreanu já ganhou mais de 100 milhões de reais com as cartas

O canadense chegou à três mesas finais, ficou perto, mas não levou o bracelete…ainda. Ele já conquistou um segundo lugar, um terceiro e um sexto nessa edição do campeonato. Agora, é o cheap leader (jogador com mais fichas) na mesa final do importantíssimo Poker Players Championship.

Para se ter uma ideia, o buy-in (o quanto se paga para entrar no torneio) é de US$ 50 mil dólares. Restam apenas seis jogadores na mesa final e Negreanu tá liderando a disputa.

O campeão desse evento leva pra casa uma premiação de US$ 1.395.767, além, claro, do cobiçado bracelete do WSOP. No caso do Negreanu, se conquistar, o sétimo bracelete.

“Eu ajudei a criar esse evento. Ele foi criado originalmente anos atrás. Eu sempre me frustrei por nunca ter conseguido vencê-lo. Já premiei algumas vezes, como ano passado, que terminei na décima segunda colocação. Eu sempre achei esse evento especial. Sempre quis ganha-lo”, comentou o canadense.

Embora seja o jogador de pôquer que mais ganhou dinheiro com as cartas, Negreanu quer se aproximar dos maiores vencedores de braceletes. O americano Phil Hellmuth, com 11 braceletes de ouro do WSOP, é o recordista.