Futebol

Luan nega propostas para deixar o Grêmio, e presidente brinca: “Não será ele quem sairá”

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Luan

Foto: Godoy Cruz x Grêmio

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Surgiu na última terça-feira (4) a notícia de que o Milan estaria preparando proposta pelo atacante Luan. Em entrevista após a vitória do Grêmio sobre o Godoy Cruz, em Mendoza, o jogador negou ter recebido ofertas e acertou com o seu staff que quer ser comunicado quando houver algo oficial.

“Meu empresário não me passou, não tem nada. Peço para eles me passarem quando tiver algo certo. Como não me falaram, não tem nada. Tem que ver com o presidente quem são os dois que podem sair”, afirmou. Em entrevista à Rádio Gaúcha, na véspera jogo, o presidente Romildo Bolzan admitiu a possibilidade de perder um ou dois nomes do elenco nesta janela de transferências.

VEJA MAIS:
Atuação de Grohe contra o Godoy Cruz leva gremistas à loucura 
Presidente do Grêmio admite possibilidade de perder pelo menos um jogador nesta janela 
Godoy Cruz x Grêmio: veja o gol da partida 

O curioso é que no momento em que Luan concedia entrevista aos jornalistas, Bolzan brincou ao dizer que “não é ele quem vai sair”.

O atacante tem contrato com o Grêmio até setembro do ano que vem e as duas partes ainda não se entenderam quanto à prorrogação do vínculo. A direção propôs um acordo até dezembro de 2019.

“Tem que ser do presidente. Temos conversado. Já falei. Vou sair daqui quando for melhor para mim, pra minha carreira e para o clube”, comentou.

Na atual temporada, o camisa 7 disputou 30 jogos, marcou 13 gols e deu 11 assistências.