Massa passou perto da morte em Budapeste. Relembre

Felipe Massa não tem muita sorte no circuito de Budapeste. Em 2008, o motor de sua Ferrari explodiu a tês voltas do final, com a corrida praticamente ganha, Mas no ano seguinte, o azar foi quase fatal. 

Andre Nascimento Donati
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Reprodução/ youtube

Sábado, 23 de julho de 2009. Felipe Massa tinha começado o final de semana otimista. Não tinha feito uma bom início de temporada, mas estava se recuperando e tinha conseguido um terceiro lugar na última prova, disputada na Alemanha. E seria muito bom ir para as férias com um outro pódio. Mas o circuito de Hungaroring é travado e não permite muitas ultrapassagens, e uma boa posição de saída é tudo nesse circuito.

O treino de classificação estava um sua segunda parte. Faltando três minutos para o  final, tanto a Ferrari de Felipe Massa quanto a Brawn de Rubens Barrichello estavam na pista fazendo volta rápida. Num certo momento, uma mola que ficava no amortecedor traseiro do carro de Rubinho se soltou e foi “arremessada” até onde estava a Ferrari de Massa, que passou reto na curva e bateu forte contra a proteção de pneus, sem nem ao menos se proteger

A foto tirada no momento do resgate mostrava Massa com o olho machucado e o capacete destruído no lado esquerdo, onde a mola acertou. O treino foi interrompido e o brasileiro foi velado ao hospital ÀEK, em Budapeste, que logo começou a ser cercado tanto por jornalistas, que lutavam para conseguir mais informações; como por fãs da Ferrari desejando a sua recuperação. Massa ficou em coma induzido por dois dias e não voltou mais a correr naquele ano, embora apareceu publicamente no GP do Brasil, dando a bandeirada de chegada.

O acidente de Massa ocorreu apenas uma semana depois de outro acidente parecido, com o inglês Henry Surtees, em corrida válida pela Fórmula 2 realizado  no circuito de Brands Hatch. Na época começou a se discutir sobre uma proteção para a cabeça do piloto, mas o assunto morreu e só voltou a ser discutido após a morte de Justin Wilson, que foi atingido por um aerofólio durante a etapa de Pocono da Fórmula Indy. Curiosamente, os locutores americanos se lembraram de Massa no momento do acidente, e o próprio brasileiro chegou a twitar sobre as similaridades como  ocorrido.

O acidente não só abriu uma discussão sobre proteção na cabeça,mas também sobre o desempenho do Massa pós acidente. O brasileiro nunca mais venceu uma corrida e brigou pelo título e há discussões se esse acidente não teria afetado sue desempenho nos anos que vieram.