MMA

Mesmo fora da luta, Megan Anderson provoca Cris Cyborg após vídeo de treino da atleta

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Reprodução/Twitter pessoal

O clima para o UFC 214, que acontecerá no dia 29 de julho, na Califórnia, está muito quente. A atleta australiana Megan Anderson desistiu da competição, e em sua conta pessoal no Twitter a lutadora não revelou o motivo da saída, mas alegou que seria por motivos pessoais, mas que não foram detalhados. Mesmo assim, Megan está causando polêmicas ao se manifestar após a divulgação do vídeo de treinamento da brasileira Cris Cyborg, que se prepara para a luta com sua nova rival Tonya Evinger (clique aqui e confira o vídeo do treinamento).

Em entrevista ao poadcast “Sean, Funky and the Baddest Man”, a atleta australiana fala que espera pela oportunidade de uma nova luta com a brasileira, e diz que está confiante para vencer Cris Cyborg depois dos “buracos” que ela viu na luta publicada em vídeo. Megan ressaltou as habilidades da brasileira e chegou a comentar que Cyborg tem condições de lutar com as melhores da categoria, mas para a australiana, a filmagem mostra brechas no jogo da brasileira.

Na avaliação de Megan, a Cyborg não teve um bom resultado durante o treinamento, e segundo ela “levou a pior durante a gravação”. A atleta australiana ainda sugeriu que uma nova luta poderia ser marcada no card de retorno ao octógono do UFC do atleta McGregor. Em outro ponto da entrevista, quando foi perguntada sobre os reais motivos da desistência da luta, Megan não responde claramente, mas ressalta que não foi por medo de Cris Cyborg, e diz que um novo confronto será remarcado. Em um tom mais desafiador Megan falou: “definitivamente não estou com medo de Cris e espero que, assim que esse problema for resolvido, a luta seja remarcada, ela pode dizer o que quiser, mas vou na direção dela de qualquer maneira”, completou a atleta durante a entrevista ao poadcast.