Futebol

Pintado busca terceira vitória no comando do São Paulo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: Facebook Mundo São Paulo FC

Membro fixo da comissão técnica do São Paulo, Pintado dirigirá a equipe pela terceira vez em sua carreira. Contra o Santos, neste domingo (10), às 19h, na Vila Belmiro, ele tenta sua terceira vitória como treinador interino do time do Morumbi. Ele deverá ser auxiliado por André Jardine, técnico da equipe sub-20 do clube.

Leia mais:
Pintado esboça São Paulo sem Cueva e com promessa da base para enfrentar o Santos

No ano passado, Pintado comandou o São Paulo nas vitórias sobre Atlético-MG (2 a 1) e Santa Cruz (5 a 0), pelas rodadas 37 e 38 do Campeonato Brasileiro, respectivamente.

Na época, o clube paulista havia acabado de anunciar a saída do treinador Ricardo Gomes. Logo em seguida, Rogério Ceni foi confirmado como novo técnico, mas iniciou o trabalho apenas em 2017.

Os dois triunfos ajudaram o time a terminar na décima colocação, classificado para a Copa Sul-Americana, após flertar com a zona de rebaixamento por algumas rodadas.

Carreira

Diferentemente de quando era jogador, Pintado adota postura discreta no dia a dia do clube. Sempre se apresenta como apenas mais um funcionário e nunca se colocou como um dos postulantes ao cargo de treinador efetivo.

Após a saída do técnico argentino Edgardo Bauza em agosto do ano passado, seu nome chegou a ser cogitado para o cargo, mas em nenhum momento fez campanha para tal.

Assim como Ceni, Pintado também tem grande identificação com o São Paulo. Homem de confiança do técnico Telê Santana, o ex-volante, conquistou pelo clube vários títulos, entre eles o bicampeonato da Taça Libertadores (1992 e 1993) e um Mundial de Clubes (1992).

Em campo, era conhecido pela raça e liderança. Uma cena marcante na carreira do ex-jogador ocorreu na final da Libertadores de 92, contra o Newell’s Old Boys, quando permaneceu em campo mesmo após um corte profundo no queixo.

Como treinador, teve passagens discretas por clubes como América-RN, Penapolense, São Caetano e Guarani.