Por que Hyoran não tem chance para jogar no Palmeiras?

Contratado em dezembro do ano passado após uma boa temporada com a camisa da Chapecoense, o meia Hyoran desembarcou no Palmeiras cheio de expectativas para um ano importante no clube, com a disputa da Libertadores, mas a realizada, pelo menos até o momento, é completamente diferente.

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Na partida deste domingo, contra o Sport, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Cuca poupou os titulares e entrou com uma equipe alternativa, mas Hyoran sequer entrou no segundo tempo – o treinador colocou Raphael Veiga, Róger Guedes e Zé Roberto. E assim está sendo a passagem do jogador pelo clube, mesmo quando os reservas jogam, ele não tem oportunidade de entrar em campo.

Desde o início do ano, o jogador de 24 anos disputou quatro jogos com a camisa do Palmeiras, sendo um amistoso, um pelo Campeonato Paulista e dois no Brasileirão, já sob o comando de Cuca – todas partidas entrando apenas no segundo tempo. A última vez que entrou em campo foi na derrota para o Coritiba, no Couto Pereira, pela 5ª rodada.

Vale lembrar que o jogador não foi inscrito pelo técnico Eduardo Baptista para a disputa da primeira fase do Campeonato Paulista. Na ocasião, a assessoria do clube explicou que o jogador iria passar por um tratamento específico para aprimorar a parte física.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Em entrevista à Folha de S.Paulo no final do ano passado, Cuca revelou que aprovou a contratação de Hyoran, além de Raphael Veiga e Keno, mesmo sabendo que deixaria o comando do time. “São jovens promissores. O Keno [27 anos] não é mais tão jovem, mas fez grande campeonato. O Palmeiras sabe que tem uma competição grande pela frente“. “O Alexandre [Mattos] me perguntou e falei que gostava [deles]“, completou

Logo após a chegada de Cuca, em maio, Hyoran comentou o fato de ter sido pouco aproveitado por Eduardo Baptista e a chance de trabalhar com o atual campeão brasileiro. “Sabemos como funciona no futebol. A direção optou pela troca. Claro que é um pouco ruim, pois o Eduardo era uma pessoa do bem, mas faz parte. Espero jogar mais. Fiz um trabalho intenso desde que cheguei e me sinto pronto. Sei que o Cuca é um campeão. Foi como jogador e continuou como treinador. Tenho certeza que vai ser mais um profissional que vai acrescentar muito na minha vida”, disse o meia.

Em junho, o treinador disse que o jogador poderia ganhar mais chances. “(Raphael Veiga e Hyoran) estão treinando muito bem, podem ter chance”, afirmou Cuca na época – desde então, o meia entrou em campo apenas uma vez, contra o Coritiba.

Pouco aproveitado, Hyoran tem seu nome especulado para reforçar o Vasco na sequência da temporada, mas até o momento, nenhuma das partes envolvidas falaram sobre o assunto.

Em entrevista recente ao Torcedores.com, Hyoran falou sobre as especulações, mas descartou deixar o Palmeiras, mesmo sendo pouco aproveitado. “Ouvi algumas coisas de clubes que teriam interesse, mas o meu empresário falou que o Palmeiras não tem intenção de me emprestar, e eu também não penso em sair”.

Hyoran custou cerca de R$ 10 milhões aos cofres do Palmeiras e possui vínculo com o Verdão até o final de 2020.