Futebol

Presidente do Boca Juniors confirma interesse em Ramon Ábila

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Ramón Ábila

Crédito: Foto: Divulgação/ Site Oficial do Cruzeiro - Fotógrafo: Washington Alves/Light Press

O atacante do Cruzeiro, Ramon Ábila tem sido centro de uma onda de especulações recentemente. Isso porque o jogador reclamou à titularidade cruzeirense por estar sendo preterido pelo técnico Mano Menezes.

Desta forma, muitos clubes apareceram como possível destino para Ábila, caso o atleta não continue no clube mineiro. Nesta quinta-feira, o presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, confirmou em entrevista ao canal Tyc Sports que realmente tem interesse em contar com o atacante argentino caso sua situação com a Raposa não se resolva.

LEIA MAIS

EM RESPOSTA A PALMEIRENSE, ALEX DIZ NÃO SE ARREPENDER DE TER ENCERRADO A CARREIRA NO CORITIBA

AINDA VINCULADO AO SÃO PAULO, CENTURIÓN REVELA APOSENTADORIA SE NÃO CONTINUAR NO BOCA

PELA QUARTA VEZ NA DÉCADA, GALVÃO BUENO NARRARÁ JOGO DO PALMEIRAS

“Hoje ele está em uma situação de conflito, com o Cruzeiro e Huracán, e pessoalmente (o futebol dele) me interessa. Ele sempre manifestou o interesse de jogar no Boca”, de acordo com Daniel, Ábila é um dos interesses da equipe xeneize, e já manifestou o desejo de jogar no clube.

Não é a primeira vez nesta semana que o nome do atacante está ligado a outras equipes. Nesta terça-feira, o jornal A Bola divulgou que o Benfica também estaria interessado em contar com o jogador. Entretanto, em conversa com o Torcedores.com, seu agente, Adrián Ruocco, fez questão de esclarecer que não houve conversas com nenhuma equipe portuguesa.

DÍVIDA COM HURACAN

Mesmo com as recentes especulações envolvendo o nome de Ábila fora do Cruzeiro, a equipe mineira ainda têm pendências para resolver com o antigo clube do atacante, o Huracan-ARG. Em 2016, a Raposa deixou de pagar uma parcela, no valor de R$ 1,5 milhões referente à uma das parcelas da compra. Com isso, o presidente do clube argentino, Alejandro Nadur procurou a FIFA, que enviou uma intimação ao Cruzeiro.