Futebol

Real Madrid enfrenta as estrelas da MLS no All-Star Game

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Imagem: Twitter / MLS

Atual campeão europeu jogará o jogo das estrelas da MLS nesta quarta-feira 2 de agosto em Chicago. Kaká figurará novamente entre os selecionados.

Como é tradição em todos os esportes americanos, o soccer da MLS, não poderia ser diferente, também há o All-Star Game. Este ano o jogo será realizado no Soldier Field, a casa do Chicago Fire as 21:30 no horário de Brasilia.

Neste anos os selecionados foram:

Atacantes

  • Jozy Altidore (Toronto FC) – 2 convocações
  • Dom Dwyer (Orlando City FC) – 2 convocações
  • Sebatian Giovinco (Toronto FC) – 3 convocações
  • Nemanja Nikolic (Chicago Fire) – primeira convocação
  • David Villa (NY City FC) – 3 convocações

Meias

  • Kellyn Acosta (FC Dallas) – 2 convocações
  • Miguel Almiron (Atlanta United FC) – primeira convocação
  • Michael Bradley (Toronto FC) – 3 convocações
  • Giovani dos Santos (LA Galaxy) – 3 convocações
  • Kaká (Orlando City FC) – 3 convocações
  • Max Maccarty (Chicago Fire) – 2 convocações
  • Ignácio Piatti (Montreal Impact) – 2 Convocações
  • Bastian Schweinsteiger (Chicago Fire) – primeira convocação
  • Diego Valleri (Portland Timbers) – 4 convocações

Defensores

  • Damarcus Beasley (Houston Dynamo) – 5 convocações
  • Greg Garza (Atlanta United FC) – primeira convocação
  • Hermán Grana (FC Dallas) – primeira convocação
  • Matt Hedges (FC Dallas) – primeira convocação
  • Johan Kappelhof (Chicago Fire) – primeira convocação
  • Michael Parkhurst (Atlanta United FC) – 5 convocações
  • Jelle Van Damme (LA Galaxy)  – 2 convocações
  • Graham Zusi (Sporting KC) – 5 convocações

Goleiros

  • Stefan Frei (Seattle Sounders) – primeira convocação
  • Tim Howard (Colorado Rapids) – 3 convocações

Ao contrário dos outros esportes, onde as estrelas jogam entre si, geralmente nas divisões leste e oeste, ou AFC contra NFC, a MLS optou por convidar o campeão europeu para ser a equipe desafiante desafiante.

As razões são óbvias. O futebol não é um esporte unicamente americano e as grandes estrelas jogam na Europa e nada melhor do que um jogo como esse para dar visibilidade mundial ao mercado interno.

No ano passado as estrelas enfrentaram o Arsenal em um jogo bem disputado, mas que foi perdido por 2 a 1. Este ano os Americanos estão confiantes na vitória.

Bem, não são bem assim americanos legítimos pois a cada ano que passa estrelas em “fim de carreira” do futebol mundial escolhem a América para dar mais uma esticada nas suas carreiras.

Este ano teremos como representante do time da casa (dono do estádio onde será realizado o jogo) o alemão Bastian Schweinsteiger e o único brasileiro da listá é Kaká que foi convocado pela terceira vez consecutiva.

Espera-se que o time do Real Madrid entre completo com todas as suas estrelas.

Curiosidades

  • Dos 25 selecionados 7 são estreantes na lista
  • O time com mais convocações é o Chicago Fire,com 4
  • A franquia estreante, Atlanta United FC, emplacou 3 convocações
  • Todos os atacantes são jogadores de times do Leste
  • Dos 10 convocados para as posições de defesa, 8 são de equipes que jogam no Oeste