Futebol

Rivais se solidarizam com drama familiar de jogador do Palmeiras: “Força, Guerra!”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Guerra

Crédito: Foto: Reprodução/Instagram

O meia Alejandro Guerra, que estava com a delegação do Palmeiras no Equador para o jogo contra o Barcelona de Guayaquil, pela primeira rodada das oitavas de final da Libertadores, está retornando ao Brasil por causa de um drama familiar.

Assael Guerra, filho de três anos do jogador, sofreu um acidente doméstico e está internado no Hospital Albert Einstein do Morumbi, em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria do Palmeiras e pelo Corpo de Bombeiros de Barueri. A notícia gerou uma corrente de oração nas redes sociais e até os rivais manifestaram mensagens de apoio ao palmeirense.

“Estamos juntos neste momento difícil. Que a criança se recupere o mais rápido possível. #ForçaGuerra”, postou o perfil do Corinthians no Twitter.

Além do Corinthians, Flamengo, Vasco, Ponte Preta, Paraná, Cruzeiro, Internacional, São Paulo, Botafogo, Avaí e Santos também enviaram mensagens de apoio ao jogador do Palmeiras. Companheiro de equipe, o volante Felipe Melo também enviou uma mensagem de carinho ao venezuelano.

O Palmeiras agradeceu o carinho recebido. “⁠⁠⁠⁠⁠A #FamíliaPalmeiras agradece a solidariedade com nosso atleta. Estamos todos na torcida pela recuperação do Assael. #ForzaGuerra”.

Confira o comunicado oficial do Palmeiras na íntegra:

“A Sociedade Esportiva Palmeiras informa que o filho do atleta Alejandro Guerra sofreu um acidente doméstico nesta quarta-feira (05). O estado da criança é estável e ela segue sob cuidados médicos.

O clube está prestando todo o auxílio necessário para o meia e sua família. O jogador não enfrentará o Barcelona-EQU e retornará a São Paulo.”