Futebol

“Cômico”, diz lateral do River Plate sobre atitude da Conmebol quanto ao doping

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Divulgação/Site River Plate

Todos os jogadores do River Plate tiveram que passagem pelo exame anti-doping depois da vitória por 2×0 sobre o Guaraní, no Paraguai, devido à medida adotada pela Conmebol. O lateral Javier Pinola chamou de “cômico” o que aconteceu com os atletas do time argentino.

“É algo cômico, nunca passei por algo assim. Não se tem nada para ocultar, estamos apoiando a medida tomada pela Conmebol e aí estarão os resultados”, afirmou o lateral em entrevista para o jornal Olé, da Argentina, logo após o confronto em terras paraguaias.

LEIA MAIS:
JORNAL: TRÊS JOGADORES DO RIVER PLATE SÃO PEGOS NO DOPING; PODEM HAVER MAIS
GUARANÍ-PAR X RIVER PLATE: VEJA OS GOLS DO JOGO

Ainda de acordo com o periódico, a realização do exame anti-doping em todos os 18 jogadores que estavam relacionados para a partida demorou cerca de duas horas, e o último a sair foi o meio campista Ariel Rojas, que saiu de campo com leve entorse no tornozelo, por volta de 2h15 (de Brasília).

Isso aconteceu pelo fato de dois jogadores do River Plate terem sido pegos no doping pelo uso excessivo de diuréticos, o volante Lucas Martínez e o lateral direito Camilo Mayada. Dessa forma, a Conmebol divulgou nota determinado a realização de exames em todos depois da partida contra o Guaraní.

Com o fim do Campeonato Argentino, a equipe de Buenos Aires entra no período de férias. Pela Copa Libertadores da América, o jogo de volta contra os paraguaios está marcado para o estádio Monumental de Nuñez, no dia 8 de agosto (terça-feira). A equipe da Argentina pode até perder por um gol de diferença que avança.