Futebol

Ex-presidente do São Paulo fala sobre chance de rebaixamento: “existe sim”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Reprodução/Youtube

Presidente do São Paulo entre os anos de 1990 e 1994, Mesquita Pimenta foi derrotado por Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, atual mandatário do tricolor nas últimas eleições do clube. Ele conversou com o Blog do Menon e deu sua opinião sobre a chance de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

“Existe sim (a chance de rebaixamento), mas não vai cair. Há muitos jogos pela frente, há jogadores chegando e principalmente, graças a Deus, tem times piores que o São Paulo. Piores e com menos poder de investimento. Tem que melhorar logo”, afirmou o ex-presidente.

LEIA MAIS:
LECO EXPLICA DEMISSÃO DE CENI E NEGA RESPONSABILIDADE PELO MAU TRABALHO DO TÉCNICO

ROGÉRIO CENI VAI AO CT E SE DESPEDE DO JOGADORES DO SÃO PAULO; VEJA COMO FOI

O ex-mandatário tricolor mostrou preocupação com a atual situação do clube e revelou que é ‘insuportável ver o São Paulo jogar’, definindo o rendimento da equipe como ‘fraco’. Ele ainda ressaltou que a parte financeira também é ruim, pois a dívida é bastante grande. “Há  um consenso de que 70% do dinheiro arrecadado com venda de jogadores, seja utilizado para cobrir a dívida e outros 30% para remontagem do time”, contou.

Questionado sobre quais seriam suas atitudes se tivesse sido eleito como presidente do clube do Morumbi, Mesquita Pimenta preferiu não comentar, falando que ‘não tinha porquê dizer o que faria’ e ainda completou que sua função como membro do Conselho de Administração é ‘ajudar o Leco’.

Depois de demitir Rogério Ceni, o São Paulo segue em busca da contratação de um técnico, que pode ser Dorival Júnior. Sem estar disputando outras competições, o tricolor tem a semana de folga e volta a campo apenas no domingo (08), quando enfrenta o Santos, no estádio da Vila Belmiro, às 19h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro.