Mídia Esportiva

Veja o que a imprensa falou da GRANDE vitória do Botafogo na Libertadores

Publicado às

Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Botafogo faz bonito na Libertadores; veja análise da imprensa

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/ Vídeo

O Botafogo continua surpreendendo nesse edição da Copa Libertadores da América, a vítima da vez foi o tradicional time do Nacional-URU, no Parque Central, em partida de ida das oitavas de final. Com gol de João Paulo, a equipe de General Severiano venceu por 1 x 0 e tem a vantagem de empatar na volta para chegar nas quartas de final do torneio continental.

A repercussão na mídia esportiva foi muito rápida e o Torcedores.com mostra aos nossos leitores o que os veículos de comunicação, jornalistas e comentaristas de TV falaram desse triunfo do clube carioca.

LEIA MAIS:

VEJA O QUE A IMPRENSA FALOU DA GOLEADA DO FLAMENGO NA COPA SUL-AMERICANA

A Gazeta Esportiva disse que a Estrela Solitária “segue fazendo história” no torneio continental. A crônica destacou a “dedicação” dos jogadores e elogiou partida do zagueiro Carli.

O GLOBO enfatizou que a vitória do Botafogo diante do Nacional, veio no estilo do time de Jair Ventura: “fechado e saindo quando brechas se abrem”.

André Galvão, jornalista da TV Bandeirantes, falou que o Fogão está “jogando muito” e “merece” chegar nas quartas de final. O repórter acredita pelo elenco que possui a Estrela Solitária, o time já está no “lucro”, mas ele deixou claro que não dúvida de uma possível conquista da Libertadores do clube de General Severiano.

Ricardo Rocha, comentarista do SporTV, disse que a dupla de zaga do Botafogo fez um “partidaço”, sobre o meia João Paulo que fez o gol da vitória, citou a importância tática do jogador.

Fábio Azevedo, comentarista do Fox Sports, afirmou que o Fogão jogou bem, “dentro de sua limitação”. Na sua visão o time botafoguense não é um primor tecnicamente, mas possui jogadores comprometidos. Ele ainda rasgou elogios para atuação do menino Matheus Fernandes: “comandou o meio-campo”.