Futebol

Visão da arquibancada: Mesmo com erro, o Corinthians é campeão do primeiro turno

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Viviane Tavares/Torcedores.com

Um dos jogos mais importantes do primeiro turno do Campeonato Brasileiro aconteceu na tarde deste domingo (30), entre Corinthians x Flamengo, na Arena Corinthians. Com uma torcida mal acostumada com bons resultados do Timão, o empate por 1 a 1 não foi ruim pelo que foi a partida, mas a Fiel quer sempre sair de Itaquera com a vitória independente do adversário.

Antes do início da partida, nas redondezas da Arena Corinthians, o clima era total de festa. Dentro do estádio, a euforia estava maior ainda. Uma hora antes do início do jogo, torcedores alvinegros cantavam para mostrar aos torcedores do Flamengo quem mandava em Itaquera. Pouco mais de dois mil rubro-negros insistiam em cantar e provocar os corinthianos que obviamente, respondiam com mais xingamentos. Tudo em paz e apesar da hostilidade, seguia tudo em festa, dos dois lados.

Quando o árbitro – não vamos esquecer da atuação dele – apitou, o Corinthians dominou o primeiro tempo com a pressão que já é conhecida quando o Timão entra em campo. Jô fez o papel de artilheiro e marcou, mas antes mesmo que a torcida explodisse, o assistente Pablo Almeida Costa, protagonizou o lance mais bizarro da rodada, dando impedimento imaginário do Jô que estava 3 metros atrás da linha da bola, com 12 minutos de partida.

Além da anulação do gol, houve diversos motivos para os corinthianos saírem do estádio enfurecidos com a atuação da arbitragem do jogo, liderados por Ricardo Marques. Mas Jô não se intimida com qualquer coisa e sem deixar dúvidas na jogada, marcou o gol que abriu o placar. As arquibancadas pareciam vivenciar uma final de campeonato. Festa linda!

Mas o Flamengo voltou diferente para o segundo tempo e com um bombardeio na área alvinegro, conseguiu chegar ao gol de empate com Rever. Talvez só o gol do Flamengo tenha irritado mais a torcida do Corinthians do que a atuação de alguns atletas no segundo tempo. O time como um todo caiu o rendimento e a arquibancada escolheu nesse jogo, o meia Giovanni Augusto para pegar no pé. A cada erro cometido pelo camisa 17, a ira tomava conta.

Giovanni Augusto só não foi mais perseguido que o peruano Paolo Guerrero, aquele que tantas alegrias deu ao Timão, mas que saiu do clube com status de “traidor” ao se transferir para o Flamengo. Os cânticos de apoio, eram substituídos por vaias quando o atacante tocava na bola.

O clima em Itaquera era de final de campeonato, e assim seguirá cada jogo em que os mais de 44 mil torcedores invadirem a Arena Corinthians para cada “final” do Brasileirão, até dezembro. Apesar do empate, o alvinegro conquistou o título simbólico de campeão do primeiro turno com 41 pontos somados, mesmo tendo que fazer dois gols para que um seja validado. Mesmo com erro da arbitragem, o Corinthians reina no Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS: CORINTHIANS X FLAMENGO: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA