Futebol Internacional

Forças tradicionais do continente definem classificados às oitavas da Sul-Americana; Flamengo, na boa, vai fechar a fase

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Nacional-PAR x Estudiantes

Crédito: O técnico Matosas - Reprodução / Site oficial do Estudiantes

 

Mais sete vagas para as oitavas de final da Copa Sul-Americana 2017 serão definidas nesta semana, com jogos distribuídos pela terça, quarta e quinta. Até agora, a segunda fase foi perfeita para os brasileiros: todos os representantes do país carimbaram a classificação para a etapa seguinte. Depois de Corinthians, Sport, Ponte Preta, Fluminense e Chapecoense, ficará faltando o Flamengo, que entrará em campo só na semana que vem, em partida isolada– e com a responsabilidade de manter o aproveitamento de 100% dos brasileiros nesta fase da competição.

 

O jogo do Mengão acontece na quarta-feira (9), às 21h45, na Arena do Urubu, e os cariocas estão sossegados para a definição da vaga com o Palestino, do Chile. No jogo de ida, há quase um mês, o rubro-negro deu show mesmo jogando fora de casa, aplicando uma surra nos chilenos: 5 a 2. Enorme chance, portanto, de o Brasil entrar nas oitavas com seis representantes.Nos jogos desta semana, outras equipes de grande tradição em âmbito continental também definem seu futuro na competição. Como é de se esperar, o peso dessas camisas é sempre levado em conta nas projeções das casas de apostas esportivas para os confrontos decisivos.

 

Terça, 19h15 – Libertad (Paraguai) x Huracán (Argentina)

Na ida, na Argentina, os paraguaios massacraram mesmo jogando fora de casa, goleando por 5 a 1. Agora os argentinos precisam de um milagre, o que se reflete nos odds para o duelo. De acordo com o site Oddsshark.com, vitória do Huracán em Assunção paga R$ 5,10 a cada R$ 1,00 investido. Novo triunfo dos paraguaios devolve R$ 1,60, e o empate retorna R$ 3,77.

 

Terça, 21h45 – Atlético Tucumán (Argentina) x Oriente Petrolero (Bolívia)

O modesto Tucumán deixou a vaga encaminhada: ao visitar os bolivianos, marcou 3 a 2 na ida e agora decide podendo até perder por 1 a 0 ou 2 a 1. Em caso de nova vitória dos argentinos, quem apostar nesse resultado obtém R$ 1,46/R$ 1,00. A zebra boliviana, desesperada para reverter o quadro, paga R$ 6,01/R$ 1,00 (empate devolve R$ 4,16).

 

Quarta, 19h15 – LDU (Equador) x Bolívar (Bolívia)

Em La Paz, deu Bolívar, 1 a 0. Mas para a volta, em Quito, a LDU aparece como favorita a vencer: esse resultado devolve R$ 1,82 a cada R$ 1,00 aplicado, enquanto novo triunfo dos bolivianos paga nada menos de R$ 4,04. Em caso de empate, um resultado que classificaria o Bolívar, o retorno é de R$ 3,42/R$ 1,00.

 

Quarta, 21h45 – Deportes Iquique (Chile) x Independiente (Argentina)

Em Avellaneda, deu Independiente, 4 a 2. Com essa boa vantagem na bagagem, o supercampeão da Libertadores aparece bem cotado também para a volta. Segundo o site Oddsshark.com, o triunfo do visitante no Chile paga R$ 2,25/R$ 1,00. Vitória do Iquique paga R$ 3,11/R$ 1,00, enquanto o empate retorna R$ 3,31.

 

Quarta, 21h45 – Olímpia (Paraguai) x Nacional (Paraguai)

No confronto direto entre paraguaios, o primeiro jogo terminou empatado, 1 a 1. A partida de volta tem o Olímpia como mandante e também como favorito: sua vitória paga R$ 1,80/R$ 1,00. Caso o Nacional surpreenda no Defensores delChaco, o retorno é generoso: R$ 4,40 a cada R$ 1,00 investido. Novo empate nesta quarta devolve R$ 3,31/R$ 1,00.

 

Quinta, 19h15 – Estudiantes (Argentina) x Nacional Potosí (Bolívia)

Encontro de gigante contra nanico em La Plata, onde o Estudiantes recebe o quase anônimo Nacional Potosí depois de vencer na ida por 1 a 0. Como não poderia ser diferente, a equipe argentina traz enorme favoritismo para a decisão da vaga, com uma vitória do mandante pagando R$ 1,20/R$ 1, O empate devolve R$ 5,94/R$ 1,00. Já uma zebra boliviana na Argentina retorna inacreditáveis R$ 10,89 a cada R$ 1,00 investido.

 

Quinta, 21h45 – Junior Barranquilla (Colômbia) x Deportivo Cali (Colômbia)

Em mais um confronto entre equipes do mesmo país, o Junior recebe o Deportivo Cali em Barranquilla em boa situação, já que arrancou um empate (1 a 1) no jogo de ida. O fator casa está pesando bastante nas cotações desse clássico colombiano, com vitória do Junior retornando R$ 1,85/R$ 1,00 enquanto triunfo do Cali devolve R$ 3,95/R$ 1,00. Se houver novo empate, o retorno é de R$ 3,29/R$ 1,00.

 

Em caso de classificação do Flamengo diante do Palestino, o Brasil terá garantido pelo menos dois representantes nas quartas-de-final da Sul-Americana, já que dois confrontos das oitavas seriam choques diretos entre equipes do país. O Brasil tem três títulos da competição, com Internacional (2008), São Paulo (2012) e Chapecoense (2016). Quem mais faturou o torneio foi a Argentina, com sete títulos. O Boca Juniores é o único time com duas conquistas. Entre as equipes ainda no páreo na edição deste ano, só Chape, Independiente, LDU e Santa Fé têm esse troféu em suas galerias. Confira como ficarão os cruzamentos das oitavas-de-final:

 

Corinthians (Brasil) x Racing (Argentina)

Huracán ou Libertad x Santa Fé (Colômbia)

Oriente Petrolero ou Tucumán x Independiente ou Dep. Iquique

Nacional ou Olímpia x Nacional Potosí ou Estudiantes

Cerro Porteño x Dep. Cali ou Junior Barranquilla

Sport (Brasil)x Ponte Preta (Brasil)

Fluminense (Brasil) x Bolívar ou LDU

Chapecoense (Brasil) x Flamengo ou Palestino

 

Aproveite e confira outros odds no Torcedores.