Artilheiro da Série B deixa o Londrina e segue para o futebol árabe

O atacante Jonatas Belusso, artilheiro da Série B com 11 gols e principal jogador do Londrina, está de saída do clube. O jogador foi liberado pelo gestor do LEC, para assinar com o Al Shabab, time do futebol árabe. A informação foi divulgada em uma coletiva para imprensa, na tarde desta quinta-feira (3) pelo gestor do clube, Sérgio Malucelli.

Matheus Philip
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: Facebook Oficial Jonatas Belusso

O jogador tinha contrato com o time paranaense até novembro deste ano, porém como os direitos do jogador pertencem ao procurador e ao próprio atleta, as duas partes entraram em consenso pela liberação do artilheiro. Durante o mês de Julho, o atleta de 29 anos, já havia recusado uma proposta tentadora vinda do futebol coreano.

“Pelo meu momento de carreira, tomei essa decisão. Sei que não vai agradar muita gente. Pensei na minha família”, disse o jogador durante a entrevista no CT (centro de treinamentos) da SM Sports.

Chegada:

Belusso chegou ao clube após terminar o Campeonato Catarinense pelo Brusque, onde terminou como artilheiro da competição com 11 gols, além do prêmio de melhor jogador da edição. O jogador já marcou 23 gols nessa temporada, números que fazem dele o principal goleador do futebol brasileiro, junto aos jogadores Fred (Atlético-MG) e Henrique Dourado (Fluminense), com a mesma quantidade de gols marcados. “Está sendo um ano maravilhoso, e não me vejo interrompendo isso. Tenho minha meta pessoal e vou atrás disso lá”, afirmou o atacante.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Foi uma adaptação muito rápida no clube, eu cheguei e em dois três treinos eu estava jogando. Foi uma adaptação muito boa, minha familia gostava muito daqui”, disse o Jonatas Belusso, sobre sua chegada no clube.

LEIA MAIS:

ARTILHEIRO DA SÉRIE B RECUSA PROPOSTA DO FUTEBOL COREANO E PERMANECE NO LONDRINA
OPNIÃO: LONDRINA VIVE INCONSISTÊNCIA ENTRE OS SETORES OFENSIVO E DEFENSIVO
LONDRINA ACERTA COM ATACANTE WILLIAM HENRIQUE, ATÉ O TERMINO DO ESTADUAL