Atleta brasileiro de MMA vai disputar cinturão inédito nos EUA

O Brasil pode ganhar mais um campeão no MMA. Trata-se de Marcus Perez, mais conhecido como “Maluko”. Ele disputa a categoria dos pesos médios no LFA (Legacy Fighting Alliance) e vai em busca do cinturão no dia 8 de setembro, nos Estados Unidos. Caso conquiste, seria a primeira vitória de uma brasileiro na organização. Quer saber mais detalhes da luta e de quem essa “fera”? Veja mais informações abaixo.

Anderson Ribeiro
Colaborador do Torcedores

Crédito: Duelo importante para Marcus "Maluko" conseguir seu primeiro cinturão internacional no MMA (FOTO: Divulgação/Ana Paula Duarte/MakingOf Eventos)

LEIA MAIS

ANDERSON SILVA IRÁ LUTAR EM EVENTO DO UFC NA CHINA

A luta de Marcus “Maluko” será contra o americano Yan Heinisch e irá acontecer na arena 1STBANK Center na cidade de Broomfield, Colorado. O lutador fará sua estreia internacional e já derrotou adversários que passaram pelo UFC como Ildemar Alcântara e Paulo Thiago. Na sua carreira, ele tem um bom cartel de 8-0, sendo 3 vitórias por nocaute. No Brasil, Marcus está invicto e é o dono do cinturão do Thunder Fight. Ele segue se preparando para a disputa e viaja para os EUA no dia 1 de setembro.

Confira o cartel de Marcus “Maluko” Perez até o momento,com informações do portal Super Lutas.

VITÓRIA – Ildemar Alcântara – Decisão dos Juízes – AFGC – Arzalet Fighting Globe Championship
VITÓRIA – Paulo Thiago – Decisão dos Juízes – Thunder Fight 7
VITÓRIA – Fabricio Almeida Gonçalves – Nocaute – Aspera
VITÓRIA – Anderson Melo – Nocaute – BOK (Battle of Kings)
VITÓRIA – Rafael Silva – Finalização – Thunder Fight 2
VITÓRIA – Bruno da Silva – Finalização – Jungle Fight 58
VITÓRIA – Marcelo Matias – Decisão dos Juízes – RSF – Reborn Strike Fight 5
VITÓRIA – Rene Pessoa – Nocaute – Pegada Magazine – Desafio Revista Pegada

SOBRE A LFA

A Legacy Fighting Alliance surgiu em 2009, no estado americano do Texas e seu principal nome foi a lutadora Holly Holm,além de diversos atletas que passaram pela organização. Antes deste atual nome, a LFA era dividida entre a Legacy e a RFA (Resurrection Fighting Alliance) e juntaram suas forças em 2016, formando esta notória empresa de lutas. No Brasil, quem quiser ver as lutas da LFA, pode acompanhar pelo canal Esporte Interativo.