Confira a provável escalação do Bahia para o jogo diante da Chapecoense

O Bahia encara a Chapecoense nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), válido pela 18ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, na Arena Conda, em Chapecó, em Santa Catarina. Diante disto, o técnico interino Preto Casagrande definiu a provável escalação do Esquadrão de Aço para o jogo desta rodada.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Felipe Oliveira/EC. Bahia

A provável formação tática do Bahia será: Jean, Matheus Reis, Lucas Fonseca e Tiago, Eduardo, Renê Junior e Matheus Sales, Zé Rafael e Régis, Medonza e Rodrigão. Técnico interino: Preto Casagrande.

LEIA MAIS:
PRESIDENTE DO BAHIA EXPLICA DECISÃO DE DEMITIR TÉCNICO JORGINHO
EMPRESTADOS PELO PALMEIRAS AO BAHIA, VOLANTE VIRA TITULAR E MEIA SOFRE LESÃO
BAHIA 1×3 SPORT: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DO JOGO

Preto Casagrande preferiu realizar poucas mudanças no time titular, com o meia-atacante Vinicius suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O treinador interino aproveitou para relacionar o meia-atacante Régis para o jogo, com isso irá formar dupla com Zé Rafael.

Durante a coletiva de imprensa, Preto Casagrande falou sobre sua conversa com os jogadores: “Na conversa que tivemos a maioria dos jogadores opinaram sobre a maneira como vamos nos comportar. Claro que vamos aproveitar as características de cada atleta, mas temos que ressaltar a disciplina tática que é preciso para jogar hoje em dia”, disse o treinador.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Preto completou ao falar sobre as características do time: “O Bahia tem uma maneira de jogar e precisamos explorar da melhor maneira o potencial de cada um. Jogando fora de casa a pressão é da Chapecoense, vai ter que sair para o jogo, e precisamos ter essa consciência tática, a recomposição para fazer essa linha de quatro. A partir do momento que a gente roubar a bola, temos jogadores rápidos como o Zé Rafael e o Mendoza. Temos que ter esse equilíbrio na marcação e explorar o melhor de cada jogador na hora certa”, completou.