Torcedores – Notícias Esportivas

De acordo com revista alemã, Alonso só renovará com a McLaren se a Honda sair

Segundo a publicação da revista alemã Auto Motor und Sport, Fernando Alonso deu um ultimato para a McLaren: só renovará o seu contrato com a equipe de Woking para 2018, se a Honda deixar de ser a fornecedora de motores.

Rodrigo Nascimento dos Santos
Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito: Facebook Oficial Fernando Alonso

Pelo visto, o clima entre Fernando Alonso e a Honda, que já não era dos melhores devido aos diversos problemas desta temporada, piorou de vez após o GP da Bélgica, disputado ontem no circuito de Spa-Francrchamps, quando o piloto espanhol abandonou a prova alegando problemas no motor.

E segundo uma publicação da revista alemã Auto Motor und Sport (mesma revista que na sexta-feira, revelou a possibilidade do piloto espanhol ir para a Williams em 2018), Alonso deixou claro para os diretores da McLaren que só permanecerá na equipe se a Honda não for a fornecedora de motores do time de Woking na próxima temporada. De acordo coma publicação, o bicampeão está cansado de das dificuldades que tem enfrentado neste ano por conta da unidade de potência japonesa.

Por conta disso, a McLaren ficou em uma situação delicada: a equipe de Woking já estava considerando permanecer com os motores da montadora japonesa, devido a dificuldade de conseguir motores de outras fabricantes, já que Mercedes e Ferrari recusaram a parceria, e a Renault não tem a intenção de aumentar o número de motores na categoria.

Para romper com a Honda, a equipe de Woking teria que torcer para que a montadora japonesa conseguisse fechar uma parceria com a Toro Rosso para o ano que vem, algo que já vem sendo especulado a alguns meses. Se isso ocorrer, o motor Renault do time de Faenza ficaria disponibilizado para a McLaren.

LEIA MAIS:
F1: HONDA GARANTE QUE MOTOR DO CARRO DE ALONSO NÃO TEVE PROBLEMAS EM SPA
ALONSO DISPARA CONTRA O MOTOR HONDA, E CLASSIFICA DESEMPENHO NA BÉLGICA COMO “VERGONHOSO”