Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

De soluções a problemas: laterais contratados pelo Inter frustram diretoria

Carlinhos se recupera da quinta lesão muscular no ano. Foto: Félix Zucco[/caption]

Andrey Oliveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Carlinhos se recupera da quinta lesão muscular no ano. Foto: Félix Zucco

A diretoria do Inter mudou a fotografia do grupo de jogadores para a temporada de 2017 e uma das posições de maior mudança foram as laterais. Tanto na direita quanto na esquerda, jogadores chegaram e saíram do Beira-rio e os flancos do Inter agora são ocupados por nomes diferentes dos de 2016. Porém, dois atletas que chegaram para resolver acabaram se tornando novos problemas para a diretoria e comissão técnica: Alemão e Carilhos, que vieram de Botafogo e São Paulo, respectivamente, acumulam lesões e decepcionam quem apostou as fichas na dupla como resposta.

 O lateral direito que veio do Botafogo inciou o ano sendo titular de Antônio Carlos Zago com o afastamento de William. Porém, o jovem campeão olímpico foi reintegrado ao grupo e assumiu a titularidade pouco depois. Alemão, contudo, continuou recebendo oportunidades e não aproveitou. Contratado principalmente pela qualidade ofensiva, não conseguiu contribuir com gols ou assistências e acabou perdendo espaço para Júnio e Ceará – esse último já deixou o Beira-rio. As seguidas lesões o fizeram perder ainda mais espaço e o jogador sequer chegou a ser utilizado por Guto Ferreira, que encontrou em Cláudio Winck o homem ideal para a camisa 2. Alemão ainda não atuou na série B e sua última partida foi contra o Caxias, na semifinal do campeonato gaúcho.

 Já Carlinhos, que veio por empréstimo do São Paulo até o final do ano, começou o ano fazendo bons jogos. Foi titular de Zago ao lado de Uendel – este utilizado no meio de campo – e era uma boa arma nas tramas ofensivas pelo lado esquerdo, em combinações com Uendel e D’Alessandro. Mas uma série de lesões musculares o afastaram do time. A queda de rendimento acentuada nas últimas atuações também contribuíram para o escanteamento do lateral.

 Tanto Alemão quanto Carlinhos estão mais uma vez entregues ao Departamento Médico e seguem sem previsão de retorno. Havia a expectativa da dupla estar a disposição de Guto Ferreira para o jogo contra o Atlético MG, pela Primeira Liga, hipótese agora quase impossível de se concretizar. Alemão não atua desde o dia 23 de abril, ainda sob o comando de Zago, quando lesionou o pé direito. Carlinhos trata de lesão muscular na perna esquerda e atuou pela última vez na derrota para o Boa Esporte, no começo de julho.

 Enquanto aguarda pelo retorno da dupla, Guto Ferreira dá sequência a Cláudio Winck e Uendel, titulares das laterais coloradas e que devem permanecer no posto no decorrer do ano. Winck e Uendel serão titulares contra o Paysandu, na sexta-feira, em Porto Alegre, em partida que pode dar ao Inter a liderança da série B.