Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Eliminação, lesões e Felipe Melo: uma quinta-feira para o Palmeiras esquecer

“Vai ficar tudo bem, a terra continua a girar. Dias ruins virão também e a terra não vai desabar”. Já dizia a letra da música Altos e Baixos, da banda Capital Inicial, que todos temos dias ruins. Hoje foi um desses dias para o Palmeiras. O clube paulista que foi eliminado pelo Barcelona-EQU da Libertadores não passa por um bom momento.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: César Greco / Ag. Palmeiras

O dia começou com uma péssima notícia. Horas após a derrota nos pênaltis para os equatorianos, o zagueiro Yerry Mina, que saiu chorando da partida, quebrou um dos ossos do pé e precisará passar por cirurgia. O colombiano será desfalque para Cuca por pelo menos três meses.

Quem também sofreu com a queda do Palmeiras foi o atacante Deyverson. Algumas imagens gravadas pela TV Globo mostravam o camisa 16 pedindo para não cobrar um dos pênaltis contra o Barcelona-EQU. Isso enfureceu alguns torcedores do Verdão que foram até as redes sociais dele para reclamar do acontecido.

Poucas horas depois, até quem já não faz mais parte do elenco resolveu ganhar destaque nas manchetes do dia: Felipe Melo notificou o clube extrajudicialmente por assédio moral, pedindo para que seja reintegrado ao grupo.

Quando o palmeirense pensava que o dia não reservava mais surpresas, perto do final da tarde outras duas surpresas negativas: Jailson e Dudu. O goleiro sentiu dores musculares na região da virilha e virou dúvida para a partida contra o Vasco, no domingo. O problema se deu após as penalidades contra o Barcelona-EQU. Já o atacante teve um problema muscular na coxa esquerda constatado e deve ficar fora dos gramados por pelo menos quatro semanas.

Agora resta ao Palmeiras torcer por dias melhores. A quinta-feira nebulosa não deve ter outra ‘surpresa indesejada’ e passará. O time tem a chance de amenizar a fase ao ganhar do Vasco, no próximo domingo, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS

Palmeiras já perdeu R$ 35 milhões em premiações em 2017