Futebol Europeu

“Eu quero entrar para a história desse clube”, afirma Douglas Costa em entrevista

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto divulgacao Junventus

Em entrevista ao “La Gazzetta dello Sport “ o jogador brasileiro Douglas Costa, explicou o motivo que o levou a deixar o Bayern e ir para a Juventus da Itália.  

“Escolhi a Juventus porque, em três anos, eles jogaram duas finais na Europa, é a equipe com mais desejo e chances de ganhar a Champions League. Eu quero entrar para a história desse clube. E a um ano da Copa do Mundo, não poderia ter escolhido um clube melhor para estar (…) Estou aqui para ganhar tudo, até mesmo a Champions”.

Mesmo tendo deixado o Bayern de Munique, o brasileiro atribuiu seu crescimento no futebol ao próprio Bayern, principalmente quando era treinado por Pep Guardiola, mas que no seu novo time, não iria ser marcado por só  ter bom rendimento apenas quando era treinado por ele.

“No Shakhtar, eu joguei cinco anos pelo lado direito. No Bayern, com o Guardiola, eu joguei em todas as posições. Pela direita, que era melhor para chutar, e na esquerda era melhor para cruzar (…) Depois de tantos anos, eu não queria que as pessoas pensassem que eu só jogava porque era ele (Guardiola) no banco. Eu escolhi a Juve também por ter novas experiências, para crescer e aprender um novo tipo de futebol”, completou o jogador.

LEIA MAIS: Douglas Costa deve se transferir para a Juventus

O jogador também falou sobre a relação com os atacantes pelos clubes em que passou, e brincou dizendo que se tornou o melhor amigo dos atacantes “Higuaín é um campeão e um grande companheiro. Em todo lugar que eu vou, rapidamente viro o melhor amigo do centroavante. Foi com o Luiz Adriano, que tivemos sucesso na Ucrânia, e com o Lewandowski, no Bayern. Se vê que eles se dão bem jogando comigo” disse.