Grohe brilha nos pênaltis, lamenta eliminação, mas lembra: “O ano não está perdido”

Marcelo Grohe esteve perto de, mais uma vez, sair como herói do Grêmio. Assim como já fizera contra o Atlético-PR nas oitavas de final da Copa do Brasil do ano passado, o goleiro gremista brilhou em nova decisão por pênaltis, pegou duas cobranças, mas não foi ajudado pelos companheiros. No fim, o Cruzeiro foi mais eficiente e avançou à final do torneio nas penalidades máximas.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/FoxSports

Ao final da disputa, Grohe parou para conversar com os repórteres na beirada do campo e pediu um voto de confiança do torcedor, mesmo nesse momento de eliminação. Ele lembrou que o Grêmio ainda tem a Libertadores pela frente e que o “ano está perdido”.

LEIA MAIS:

Mano Menezes projeta classificação sobre o Grêmio: “Eu imagino um 3×1 para nós”

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Jogo de cinema: Cruzeiro x Grêmio será transmitido em salas de Porto Alegre

“Assim como a gente já classificou nos pênaltis, hoje acabamos sendo eliminados, infelizmente. Não tivemos a competência de fazer os gols. Fica a lição. Tomara que a gente não precise dos pênaltis na Libertadores e que a gente tenha um melhor desempenho. Mas estamos de parabéns, lutamos, tentamos, não foi possível. Do outro lado tem uma grande equipe. Temos a Libertadores, o ano não está perdido”, disse o goleiro do Grêmio.

Durante os 90 minutos, o Cruzeiro conseguiu devolver o placar sofrido no jogo de ida, na Arena, em Porto Alegre. Com o gol de cabeça do volante Hudson, após cruzamento perfeito de Thiago Neves, o time treinado por Mano Menezes venceu a partida e forçou a decisão nas penalidades máximas.

Edílson, Everton e Luan perderam as cobranças do tricolor, e tornaram inúteis as duas grandes defesas de Marcelo Grohe nos chutes de Robinho e Murilo. Agora, o Cruzeiro vai enfrentar na grande final o Flamengo, que venceu o Botafogo pelo placar de 1×0 no Maracanã.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Fora da final da Copa do Brasil, o Grêmio volta a campo contra o Sport, na Arena, pelo Brasileirão, no próximo dia 2. Pela Libertadores, enfrentará o Botafogo pelas quartas de final nos dias 13 (fora) e 20 (em casa).